No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


13/02/2018 | 09h23min

Cientistas conseguem desenvolver ovários em laboratório pela primeira vez

Resultados foram apresentados em publicação da revista “Molecular Human Reproduction”

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Cientistas dos Estados Unidos e do Reino Unido publicaram nesta semana os resultados de uma pesquisa que, pela primeira vez, desenvolveu em laboratório um óvulo humano até a maturidade. As informações foram divulgadas na revista científica “Molecular Human Reproduction”.


Para atingir esse resultado, os pesquisadores utilizaram o tecido ovariano de dez mulheres. A partir daí, 48 óvulos foram produzidos no total, porém apenas nove atingiram o estágio de maturidade, aquele em que o óvulo fica completamente pronto para ser fertilizado.



Outras pesquisas já tinham desenvolvido o ovário até esse estágio, mas somente em ratos. Essa é a primeira vez que o processo completo é concluído em humanos.



O objetivo da pesquisa é criar possibilidades de tratamento para pessoas que lutam contra a infertilidade. Se comprovado o sucesso total do procedimento, pacientes de câncer que querem manter a possibilidade de ter filhos poderão conservar os ovários antes do tratamento. 
 


Veja também:


23/08/2019 | 09h13min

» Política: Câmara de Vereadores de Santiago comemora 135 de parlamento com homenagens

23/08/2019 | 09h08min

» Segurança: Corpo de Bombeiros de Santiago iniciou o projeto "Bombeiro Orienta"

23/08/2019 | 09h03min

» Política: Aprovada pelo Senado, MP da Liberdade Econômica vai desburocratizar atividades de baixo risco, defendem parlamentares


Comentários:


Voltar ao topo