No ar:

Ouvir!     

» Geral » Saúde


08/06/2017 | 16h49min

Apae passa a contar com três cavalos para a equoterapia

Também chamada de hipoterapia, serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Com o repasse de mais dois cavalos ao projeto da equoterapia, a Escola Carlos Humberto Aquino Frota (mantida pela APAE) conta agora com três animais que vão auxiliar no tratamento dos alunos.

 

Conforme a direção da escola, ainda nesta semana, o comandante do 5º Regimento de Polícia Montada, major Noé Jesus da Costa estará entregando os animais, considerada uma conquista para a escola.

 

 O efeito da equoterapia tem sido evidenciado pelos pais e técnicos. Os animais ficam nas baias da própria escola, onde recebem o tratamento devido pela equipe.

 

A equoterapia, também chamada de hipoterapia, serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo, além de  complementar o tratamento de indivíduos com deficiências ou necessidades especiais, como a síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo.


Veja também:


17/06/2018 | 15h22min

» Economia: Preço do aluguel residencial sobe em maio, mas fica abaixo da inflação para o mês

17/06/2018 | 14h24min

» Agricultura: Clima favorece implantação das culturas de inverno no Rio Grande do Sul

17/06/2018 | 14h20min

» Saúde: Frio aumenta em 30% chances de internação por problemas cardíacos


Comentários:


Voltar ao topo