No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    00h00min às 04h59min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Saúde


27/03/2023 | 10h25min

Travessia: quais cirurgias plásticas adolescentes podem fazer

O cirurgião plástico Fabrício Bervian afirma que nesta idade não é indicado fazer lipoaspiração

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Em "Travessia", Karina, uma adolescente vivida pela atriz Danielle Olímpia, foi influenciada por uma blogueira a fazer um implante de silicone nos seios. Na verdade,  na trama de Glória Perez, um criminoso, interpretado por Cláudio Tovar, usa uma ferramenta de deepfake ao vivo para se passar pela por Bruna Schuler (Giullia Buscacio). Mas também fica a pergunta: a partir de que idade pode realizar cirurgia plástica e quais podem ser realizadas?


"Tem algumas cirurgias que a gente pode fazer cedo até por causa do bullying. Por exemplo, a otoplastia, que chama o procedimento para corrigir a orelhinha abano. Ela é uma cirurgia que o médico indica no pré-escolar. Ou seja, seis anos de idade você já pode fazer a cirurgia, justamente, para quando chegar aos 7 anos e frequentar a escola no 1° grau não sofrer bullying", explica o cirurgião plástico Fabrício Bervian.

 

O médico reitera que a criança que sofre bullying tem indicação de fazer cirurgia plástica, mas pondera que ela deve ser adequada para idade. "Por exemplo, um implante de silicone tem que ter o desenvolvimento mamário pelo menos completo. Então, a partir dos 17, tendo o critério de desenvolvimento mamário e sexual já atingido, pode-se fazer cirurgia. A orelhinha abano que se faz antes, porque com 6, 7 anos, já tem 85% de formação do tamanho da orelha. Não pode colocar silicone nos seios sem esperar que, de maneira natural, ela desenvolva o volume", pontua. 


Já quando a adolescente tem as mamas grandes demais, é possível, por uma questão de saúde, fazer uma cirurgia. "Uma menina, a partir dos 14 tem uma gigantomastia, que compromete a saúde da coluna dela, compromete o convívio com os colegas por causa do tamanho da mama, com autorização dos responsáveis pode fazer cirurgia plástica. Existem critérios que a gente vai utilizar. Agora se ela sofre bullying e anatomicamente ela está adequada, a gente não vai submeter a paciente a um procedimento desnecessário anatomicamente", exemplifica Bervian.


Já uma lipoaspiração não é indicada fazer nesta fase da vida, independente da vontade da jovem. “É aconselhado fazer exercício físico e dieta. O cirurgião vai intervir quando, mesmo que ela se esforce, não consiga sozinha, como a orelhinha de abano", enfatiza o cirurgião, que ainda dá mais um exemplo de cirurgia permitida antes de completar a maioridade. 


"Lá pelos 16 anos, quando já tem desenvolvimento ósseo completo e a criança tem um nariz muito grande e atrapalha o convívio dela, é possível a operação com consentimento dos pais".
 


Veja também:


21/05/2024 | 16h57min

» : Vacina segue liberada nas unidades de Saúde de Santiago

19/05/2024 | 12h55min

» : Hérnia de disco tem cura? Entenda a condição que afeta a coluna

17/05/2024 | 16h32min

» : Saúde define estratégia para vacinação em abrigos no Rio Grande do Sul


Comentários:


Voltar ao topo