No ar:
Essência Gaúcha - Marcelo Peronio    14h00min às 16h00min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Saúde


23/09/2018 | 17h46min

Sintomas de colesterol alto

As dicas são da cardiologista Ana Luiza Lima

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Os sintomas de colesterol alto, em geral, não existem, só sendo possível identificar o problema através do exame de sangue. Porém, o excesso de colesterol pode levar a um depósito de gordura no fígado, o que pode gerar alguns sinais como:

 

Bolinhas de gordura na pele, conhecido como (xantelasma);
Inchaço do abdômen sem razão aparente;
Aumento da sensibilidade na região da barriga.

 

O xantelasma forma-se nos tendões e na pele e são carocinhos de diversos tamanhos, geralmente rosados e com bordas bem definidas. Eles aparecem em grupos, numa determinada região, como no antebraço, nas mãos ou em volta dos olhos, como mostram as imagens:

 

O inchaço abdominal e a sensibilidade nessa região normalmente são provocados pelo aumento do fígado e do baço que ocorre quando as concentrações de triglicerídeos no sangue atingirem valores próximos ou superiores a 800 mg/dl de sangue, podendo até produzir outros sintomas como dor abdominal intensa e náuseas frequentes.

 

Como os níveis de colesterol têm que estar muito altos para o surgimento destes sintomas, na maioria das vezes a pessoa nem sabe que está com colesterol alto, o que facilita a sua progressão. A única maneira de descobrir se o colesterol está alto ou não é através de um exame de sangue para o colesterol total, ruim, bom e triglicerídeos. Confira quais os valores do seu exame que podem indicar colesterol alto.

 

O que causa o colesterol alto

 

A principal causa do colesterol alto é ter uma alimentação pouco saudável, rica em alimentos com gordura como queijos amarelos, embutidos, frituras ou produtos industrializados, o que faz com que o colesterol no sangue aumente muito rápido, não permitindo que o corpo o elimine adequadamente.

 

No entanto, a falta de exercício físico ou os hábitos de vida pouco saudáveis como o cigarro ou o consumo de álcool também aumentam o risco de ter mais colesterol ruim.

 

Além disso, existem ainda pessoas que sofrem com colesterol alto hereditário que acontece mesmo quando têm cuidado com a alimentação e fazem exercício físico, estando relacionado com uma tendência genética para a doença e que, normalmente, também afeta outros membros da família.

 

Como se trata o colesterol alto

 

A melhor forma de reduzir o colesterol alto e evitar o uso de remédios é fazer atividade física regularmente e ter uma alimentação saudável, pobre em gorduras e com bastantes frutas e legumes. Além disso, também existem alguns remédios caseiros que podem ajudar a desintoxicar o corpo e o fígado, eliminando o excesso de colesterol, como o chá-mate ou de alcachofra, por exemplo. Veja algumas receitas de remédios caseiros para baixar o colesterol alto.

 

No entanto, existem casos em que é muito difícil reduzir o colesterol e, por isso, o médico pode receitar o uso de alguns remédios para colesterol, como Sinvastatina ou Atorvastatina, que ajudam o corpo a eliminar o colesterol, especialmente em casos de colesterol alto hereditário. Confira uma lista mais completa dos remédios usados no tratamento.

 

É importante baixar o colesterol alto porque ele pode ter graves consequências para a saúde que incluem aterosclerose, pressão alta, insuficiência cardíaca e infarto.

 

Uma boa dica para reduzir o colesterol, é o suco de cenoura que auxilia no processo depurativo do sangue, atuando diretamente sobre o fígado, reduzindo assim os níveis de colesterol. 


Veja também:


12/12/2018 | 12h18min

» #aguanaboca: Sorvete de doce de leite com 2 ingredientes

11/12/2018 | 12h11min

» #aguanaboca: Receita de chicabom caseiro

09/12/2018 | 13h21min

» #nonatal: Receita de peru assado simples


Comentários:


Voltar ao topo