No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » #ficaadica


30/07/2019 | 16h00min

Saiba como a camomila pode ajudar sua pele

Ativo natural usado há séculos para tratar a saúde

Camomila é tudo de bom. Foto: DivulgaçãoCamomila é tudo de bom. Foto: Divulgação

Há séculos usada para tratar a saúde, a camomila tinha até nome especial na Grécia antiga: “mãe da terra”. Depois de muito aperfeiçoamento na extração do que há de melhor nela, hoje é seu óleo essencial que entra nas fórmulas dos produtos de beleza e de tratamento que usamos; ele é um ótimo auxiliar para os cuidados de condições como enxaqueca, cólicas menstruais e problemas digestivos. Na pele, a camomila tem funções anti-inflamatória, calmante e muito mais.

 

Propriedades anti-inflamatórias da camomila

 

Peles com queimaduras de sol, dermatites e sensibilidades causadas por procedimentos estáticos ou mesmo por uma limpeza de pele um pouco mais agressiva se beneficiam com hidratantes à base de camomila, graças às suas propriedades anti-inflamatórias. A lavagem da pele com sabonetes de camomila também ajuda muito nestes casos.

 

Poder regenerativo para a pele 

 

A presença do alfa bisabolol na camomila a torna poderosa nos processos regenerativos da pele, amenizando rugas e linhas de expressão, recuperando áreas com queimaduras e prevenindo o envelhecimento precoce. Suas melhores aplicações, nestes casos, são em cremes.

 

Função antioxidante da camomila

 

O alfa bisabolol também confere à camomila uma função antioxidante que ajuda a minimizar manchas da pele e a uniformizar o tom da pele como um todo.

 

Em que produtos para a pele a camomila funciona melhor?

 

Principalmente devido à ação calmante, a camomila é muito bem-vinda em sabonetes de limpeza e hidratantes corporais. Ela também é um ativo interessante em procedimentos de consultório dermatológico, como peelings, lasers e microagulhamento, pois é anti-inflamatória e acelera a recuperação da pele. Não se esqueça, de toda forma, de sempre consultar um/a médico/a dermatologista antes de escolher os produtos que usará na pele. As alergias à camomila são raríssimas, mas existem. Não corra riscos.


Veja também:


14/10/2019 | 10h53min

» Educação: Saiba como incentivar a leitura dos pequeninos

14/10/2019 | 08h02min

» #ficaadica: Nutricionista fala sobre a importância da alimentação na prevenção ao câncer de mama

13/10/2019 | 14h32min

» #ficaadica: A mule voltou com tudo


Comentários:


Voltar ao topo