No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    00h00min às 04h59min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Saúde


25/09/2023 | 15h26min

Pés merecem atenção durante onda de calor

Onda de calor impulsiona o uso de chinelos e rasteirinhas, mas isto pode prejudicar a saúde dos pés

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Apesar de o Brasil ser um país tropical, a onda de calor que atinge alguns estados tem deixado a população em alerta. O calor pode causar diversos problemas como desidratação, insolação e hipertermia.

As recomendações principais dos especialistas são: manter-se hidratado, adotar uma alimentação mais leve, não se expor ao sol e usar roupas leves.

Entre os itens do vestuário, ideais para os dias quentes, estão os chinelos e rasteirinhas. Mas é preciso alguns cuidados quando se usa calçados de solado reto e raso.

Segundo a fisioterapeuta Walkíria Brunetti, especialista em Saúde Postural e Dores Crônicas, uma das consequências mais comuns do uso de chinelos e rasteirinhas é a fascite plantar.

“Trata-se da inflamação do tecido que se estende do osso do calcanhar até a planta do pé, chamada de fáscia plantar. O principal sintoma é a dor no calcanhar, que costuma ser mais forte pela manhã ou depois que a pessoa permaneceu sentada ou deitada por mais tempo”.



Sem suporte


“Um dos principais problemas dos chinelos e rasteirinhas é que estes calçados não oferecem suporte para a planta do pé. Os pés ficam planos. Isto gera uma pressão mais intensa na fáscia plantar. Quando a pessoa usa chinelos o tempo todo, por muitos dias, a chance de desenvolver problemas nos pés é grande”, explica Walkíria.  

“Há alguns fatores que podem aumentar o risco de uma fascite plantar como obesidade, prática de esportes de alto impacto, ficar longas horas em pé, ter os pés planos (sem o arco plantar) ou ainda pés cavos, quando o arco é alto demais”, adiciona a especialista.



Esforço para prender nos pés



Além da falta de suporte para o arco plantar, chinelos, mules e rasteirinhas exigem um esforço maior dos dedos para manter o sapato no pé. Este movimento repetitivo também pode levar ao desenvolvimento de tendinites, bursites e dores nos pés e nas pernas. O problema pode ainda causar dores na região lombar e nos quadris.



Conforto e segurança para os pés no calor



Agora que você já sabe que chinelos e rasteirinhas podem causar problemas nos pés, é hora de descobrir como deixar seus pés seguros e confortáveis.

“Durante estes dias muito quentes é inevitável optar por chinelos e rasteirinhas. A boa notícia é que hoje existem calçados ortopédicos que possuem sistemas de amortecimento. Há diversas marcas disponíveis. A ideia é sempre escolher um chinelo que tenha uma plataforma e que o solado dê sustentação para o arco plantar”, recomenda Walkíria.  

O ideal é evitar fazer caminhadas muito longas de chinelos ou com calçados que não ficam presos no calcanhar. Mesmo que o sapato tenha um solado adequado, ainda vai exigir esforço dos dedos para segurá-lo nos pés.

“Desta forma, a pessoa deve deixar os chinelos para usar em casa, piscina, praia ou para pequenas caminhadas. Para trabalhar, passear ou caminhar por mais tempo, a escolha deve levar em consideração que o sapato fique preso aos pés, que dê apoio para o arco plantar e que tenha um solado de 3 a 4 cm”, comenta Walkíria.  



Como aliviar as dores



Na presença de dores constantes nos calcanhares ou nos pés, o ideal é procurar um fisioterapeuta para uma avaliação. Quando já existe um quadro instalado de fascite plantar ou de tendinite, é preciso fazer um trabalho de alongamento e de fortalecimento dos músculos da panturrilha e daqueles que estabilizam o tornozelo”, reforça a especialista.

Em casa, a recomendação massagear a planta dos pés com rolos de gelo. Estes itens podem ser feitos com uma garrafa pet pequena, com água congelada. Outra dica é aplicar compressas de gelo e, no caso de inchaço, ficar um tempo com as pernas para cima”, finaliza Walkíria.


Veja também:


21/05/2024 | 16h57min

» : Vacina segue liberada nas unidades de Saúde de Santiago

19/05/2024 | 12h55min

» : Hérnia de disco tem cura? Entenda a condição que afeta a coluna

17/05/2024 | 16h32min

» : Saúde define estratégia para vacinação em abrigos no Rio Grande do Sul


Comentários:


Voltar ao topo