No ar:
Jornal falado - Jones Diniz e Paulo Pinheiro    12h15min às 12h50min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Saúde


13/10/2020 | 16h30min

Problemas gengivais podem afetar outras partes do corpo se não tratados corretamente, alerta odontologista

Gengiva inflamada pode aumentar problemas cardíacos e até mesmo causar um infarto

Sorriso saudável exige cuidados. Foto: Divulgação/PixabaySorriso saudável exige cuidados. Foto: Divulgação/Pixabay

Problemas cardíacos, artrite, diabetes e problemas renais. Pode não parecer, mas não cuidar da higiene bucal pode piorar ou até mesmo ajudar a ocasionar essas doenças. Segundo a odontologista Dra. Patrícia Bertges, essa consequência de dá porque problemas gengivais tendem a aumentar a carga inflamatória do corpo.

 

O sangue que passa pela boca — repleta de bactérias boas e ruins — é o mesmo que circula em todo o organismo, por isso, inflamações gengivais e seus agentes causadores podem entrar, com facilidade, na corrente sanguínea, podendo fazer com que elas cheguem em outros locais e causem infecções mais graves, explica a dentista.

 

Uma das doenças mais comuns que afetam a gengiva é a chamada gengivite. Caracterizado por uma inflamação que causa vermelhidão, sangramento e mau hálito, o quadro pode evoluir para um periodontite caso não tratado. “Escovar os dentes todos os dias, sem deixar de usar o fio dental, pode ser uma boa forma de prevenir a doença, que pode evoluir para sangramentos e inflamações mais incômodas”, aponta. 

 

Nem sempre o problema na gengiva é muito aparente, por isso, é importante estar atento a sinais como gengivas vermelhas, inchadas, doloridas ao toque ou apresentando sangramentos, além de sinais de infecção como pus ao redor da gengiva e dentes ou até mesmo gengiva se descolocando dos dentes. “Sentir um gosto ruim na boca, mau hálito constante e dente mole sem explicação também são sinais de atenção”, alerta Dra. Patrícia Bertges. 

 

Há ainda fatores de risco, que incluem tabagismo, diabetes, gravidez, sobrepeso, diabetes e alterações hormonais. “Ao notar sintomas de gengivite ou até mesmo periodontite, a recomendação é procurar um profissional sem muita demora. Caso não tratada corretamente, há o risco de desenvolvimento de endocardite infecciosa, quando esses micro-organismos atacam o revestimento interno do coração, podendo ocasionar em problemas como infarto, aterosclerose e acidente cadiovascular”, alerta.


Veja também:


18/10/2020 | 11h22min

» #ficaadica: Personal Trainer revela o que fazer e o que não fazer para entrar em forma a apenas 3 meses do verão

17/10/2020 | 15h55min

» Comportamento: Ellen Moraes explica se há roupa certa para trabalhar

16/10/2020 | 17h16min

» Saúde: Em queda há 5 anos, coberturas vacinais preocupam Ministério da Saúde


Comentários:


Voltar ao topo