No ar:

Ouvir!     

» Vida / Estilo » #ficaadica


17/09/2020 | 09h27min

Os benefícios da calêndula para sua saúde

Essa planta faz bem para a pele, corpo e mente

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

A calêndula é uma planta medicinal, também conhecida como bem-me-quer, mal-me-quer, maravilha, margarida dourada ou verrucária, que é muito utilizada na cultura popular para o tratamento de problemas de pele, principalmente queimaduras e inflamações.

 

No entanto, segundo alguns estudos, esta planta também parece apresentar outros incríveis benefícios, como ajudar a proteger o fígado, regular os níveis de açúcar no sangue e, até, fortalecer o sistema imune.

 

O nome científico da calêndula é Calêndula officinalis e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres e mercados.

 

 

A seguir indicamos os principais benefícios da calêndula para a saúde:

 

 Acelera a cicatrização da pele

 

Sua capacidade para estimular a cicatrização é o principal benefício pelo qual a calêndula é conhecida, existindo vários estudos que comprovam seu efeito positivo na cicatrização de vários tipos de feridas, desde cortes até queimaduras.

 

Este efeito parece estar relacionado com suas propriedades anti-inflamatórias, calmantes e antimicrobianas, que além de diminuírem a dor e o inchaço no local, também evitam o desenvolvimento de microrganismos. Além disso, outros estudos também têm demonstrado que a calêndula aumenta a circulação de sangue no local da ferida e estimula a formação de colágeno, que são dois pilares essenciais para uma boa cicatrização.

 

Protege o fígado

 

Segundo alguns estudos feitos em animais, o uso do extrato alcoólico de calêndula é capaz de proteger as células do fígado contra lesões causadas por pelo uso de alguns medicamentos, especialmente o acetominofeno.

 

Combate infecções e inflamações na pele

 

Além de estimular a cicatrização, a calêndula também pode ser utilizada para complementar o tratamento de feridas infectadas, já que possui uma forte ação antimicrobiana, capaz de eliminar fungos, bactérias e parasitas. Dessa forma, o chá de calêndula frio pode ser uma boa opção para fazer a limpeza de feridas, por exemplo.

 

Regula os níveis de açúcar no sangue

 

As flores de calêndula contêm compostos que parecem aumentar a sensibilidade do organismo à insulina, fazendo com que os níveis de açúcar no sangue se mantenham melhor controlados.

Além disso, o uso desta planta com antidiabéticos orais também pareceu aumentar a eficácia destes medicamentos, ajudando a controlar os níveis de açúcar em diabéticos.

 

Alivia inflamações das mucosas

 

Devido à sua forte ação anti-inflamatória, calmante e cicatrizante, a calêndula também pode ser usada para diminuir inflamações na boca, como aftas ou gengivite, assim como outras mucosas corporais.

Em algumas culturas, o chá de calêndula é também utilizado para aliviar os sintomas de problemas gástricos, no entanto, existem poucos estudos sobre este efeito.

 

Fortalece o sistema imune

 

A calêndula possui forte ação antioxidantes devido à sua composição rica em alcaloides, carotenoides e flavonoides, que são capazes de eliminar radicais livres e fortalecer o sistema imune.

Além disso, algumas investigações feitas em laboratório também observaram que o uso de extratos aquosos de calêndula também parecem aumentar a ativação dos linfócitos, que são células importantes do sistema imunológico.

 

Como usar a calêndula

 

A parte mais utilizada da calêndula são suas flores seca, que podem ser usadas para fazer chás, infusões, banhos, pomadas, cataplasmas ou tinturas.

 

Algumas das formas mais populares para usar a calêndula em casa incluem:

 

Chá de calêndula: colocar 2 colheres de sopa das flores da calêndula em 1 xícara de chá de água fervente e deixar descansar por 5 minutos. Depois coar e beber 1/2 xícara de manhã e meia xícara à noite.


Cataplasma de calêndula: amassar folhas e flores da calêndula em um pano limpo (gaze) e pôr em cima da ferida ou acne, deixando atuar durante 30 minutos;


Gargarejos: preparar o chá de calêndula morno para gargarejar por 30 segundos e repetir 3 a 5 vezes;
Infusão para limpeza de feridas: preparar o chá de calêndula, deixar esfriar e depois utilizar a infusão para lavar a ferida.

 

Para facilitar a aplicação na pele, a calêndula também pode ser encontrada em algumas farmácias e lojas de produtos naturais sob a forma de pomada, que pode conter outras substâncias naturais que também ajudam na cicatrização.

 

Possíveis efeitos colaterais

 

Embora raro, algumas pessoas podem apresentar sintomas de reação alérgica na pele, como vermelhidão, inchaço e coceira. Nesses casos, deve-se lavar a pele com água fria para retirar a substância.

 

Quem não deve usar

 

Devido à falta de estudos em grávidas e crianças com menos de 6 anos, a calêndula só deve ser usada com orientação de um médico nesses grupos.


Veja também:


23/10/2020 | 11h22min

» #aguanaboca: Bolinho de chuva com banana

22/10/2020 | 09h29min

» #aguanaboca: Pudim de leite condensado com creme de leite

20/10/2020 | 15h15min

» Saúde: Médico aponta que metabolismo lento não é o único grande vilão do emagrecimento


Comentários:


Voltar ao topo