No ar:
Campo a Fora - Odilon Ramos    05h00min às 07h00min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Saúde


15/12/2021 | 10h38min

Motivos para alinhar os dentes e sorrir para as fotos

Facilidade na higienização, saúde bucal e até correção da postura são alguns dos fatores para considerar o tratamento

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Dentes tortos, separados, grandes ou muito pequenos. Grande parte das pessoas sofre com os dentes desalinhados. Uma pesquisa da Associação Americana de Ortodontia mostrou que em torno de 66% da população têm algum problema de saúde bucal associado ao mau posicionamento dos dentes. Portanto, fazer a correção não é só uma questão de estética. “Dentes tortos dificultam a escovação, podendo causar problemas periodontais como gengivite e periodontite, além de facilitar o aparecimento do tártaro e da cárie”, explica a cirurgiã-dentista Caroline Aranalde, especialista da ClearCorrect.

 

 Conheça alguns dos motivos para alinhar os dentes:

 

Facilidade na escovação

 

Dentes desalinhados podem dificultar a escovação. Colocar os dentes no lugar e na posição correta torna mais fácil escovar e passar o fio dental. “E hoje ainda temos outras tecnologias para esse tratamento, diferente dos bráquetes que acabavam dificultando a escovação durante o tratamento. Com os alinhadores transparentes, por exemplo, esse benefício começa durante o tratamento odontológico e não somente após os dentes alinhados, pois esse tipo de aparelho é removível. Com isso, já ao longo do processo ortodôntico, a higiene bucal é facilitada”, comenta a cirurgiã-dentista Caroline Aranalde.

 

Prevenção de doenças bucais

 

A dificuldade em higienizar a boca da maneira correta pode facilitar o surgimento de cáries, tártaros e problemas gengivais. “Cáries e gengivite são algumas das principais doenças que podem aparecer devido à má higienização dos dentes tortos. Com isso, as bactérias proliferam facilmente”, afirma a especialista. Os dentes tortos também podem afetar as articulações da mandíbula e trazer problemas para mastigar. 

 

Outro problema é a respiração bucal

 

Dentes mau posicionados, junto com uma estrutura óssea anormal (como “falta de queixo” por exemplo) podem causar a respiração bucal. Isso faz com que o paciente possa ter problemas bucais, como cáries e mau hálito, além da possibilidade de desenvolver problemas respiratórios. “É necessário estar atento à respiração, principalmente ao dormir, pois a respiração bucal faz com que a boca fique seca, favorecendo a atuação de bactérias”, destaca.

 

Prevenção de problemas estomacais

 

Por conta da dificuldade de mastigação dos alimentos, o desalinhamento dos dentes pode causar azia e gastrite. Quando os alimentos não são bem triturados, os processos digestivos podem ser comprometidos. “Além disso, nos aparelhos tradicionais, os bráquetes dificultam a mastigação de certos tipos de alimentos. Por isso, é necessário um cuidado especial. Já com os alinhadores transparentes, nenhum alimento precisa ser evitado, já que, por ser removível, facilita a alimentação e higienização após as refeições”, conta a dentista.

 

Postura correta

 

A mudança na movimentação da mandíbula - osso do crânio que tem movimento - pode interferir na posição da cabeça. Com isso, a postura vertebral é afetada. “Dentes desalinhados podem gerar problemas bucais, gastrointestinais e também na postura. Sendo assim, é extremamente importante procurar um profissional e conferir o melhor tratamento para os dentes. Atualmente, há diversos procedimentos e facilidades que corrigem os dentes em um período muito mais curto, a exemplo dos alinhadores transparentes”, conclui a cirurgiã-dentista Caroline Aranalde, especialista da ClearCorrect.


Veja também:


28/05/2022 | 15h33min

» Saúde: Tabaco contribui para maioria da poluição dos plásticos no planeta

25/05/2022 | 11h12min

» Animais: ACPA discute o tema Acumuladores de Animais e Saúde Pública na noite desta quarta-feira

25/05/2022 | 10h01min

» Saúde: Interior: secretaria de Saúde faz campanha de vacinação contra a Covid e gripe neste sábado


Comentários:


Voltar ao topo