No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » #ficaadica


26/01/2021 | 11h15min

Misturar café ou chá verde no shampoo traz resultados? Especialista responde

Viviane Coutinho desaconselha qualquer mistura caseira, exceto as feitas de óleos vegetais e essenciais

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Existem diversos alimentos e bebidas que ajudam a manter a saúde capilar, por conta dos componentes encontrados em suas composições. A cafeína, por exemplo, presente no café e em chás, pode auxiliar no tratamento da queda de cabelo e estimular o crescimento de novos fios. 


Mas será que é uma boa alternativa misturar café ou chá verde no shampoo? A tricologista Viviane Coutinho desaconselha fazer a mistura. Ela diz que o café em pó que temos em casa, por exemplo, não trará resultado porque ali não existe quantidade suficiente de cafeína para garantir o efeito.


“Além disso, há vários outros riscos. Quando misturamos qualquer tipo de outro componente alteramos a composição dos cosméticos, podendo trazer riscos à saúde capilar", explica a profissional. 


A tricologista aconselha a usar cosméticos com os ativos na composição e não o próprio ativo. "Existem marcas sérias com custo benefício que valem muito a pena. Aconselho usar shampoos com o ativo na fórmula e não o componente sem o devido preparo. A indústria tem todo um estudo e preparo para formular seus cosméticos usando ricos ativos que estarão dispostos a entregar benefícios”, pontua.


Misturas caseiras que realmente funcionam


Viviane recomenda os óleos vegetais e essenciais, que são acessíveis e garantem uma boa entrega. "Os óleos de abacate e macadâmia, além de ajudarem na manutenção da pele do couro, trazem emoliência aos fios", afirma. 
Segundo a tricologista, o ideal é fazer um blend (mistura) de 5 ml do óleo vegetal que você deseja com 1 a 2 gotas de um essencial. 


"Coloque no couro e espalhe pela fibra capilar por 20 minutos. Pode ser usado na fibra como reparação de fios antes do banho”, indica Coutinho. Para garantir um resultado eficiente, ela recomenda deixar o óleo agindo no comprimento do cabelo por até 2 horas e o processo deve ser feito semanalmente. 


"Para saber qual componente é indicado para os seus fios, entre em contato com um profissional da área. Ele vai te auxiliar a escolher seus cosméticos de acordo com suas necessidades", conclui Viviane.
 


Veja também:


19/05/2022 | 10h12min

» Saúde: Gripes e resfriados: automedicação pode mascarar sintomas e trazer riscos

17/05/2022 | 11h02min

» #aquece: Chocolate quente cremoso fácil

12/05/2022 | 13h53min

» #ficaadica: Adeus ao frizz: Janny Mota explica a diferença entre cabelos secos e ressecados


Comentários:


Voltar ao topo