No ar:
Olho Vivo - Jones Diniz    08h10min às 09h55min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » #ficaadica


29/12/2021 | 10h05min

Férias de verão: 13 dicas para recuperar a saúde emocional

Psicóloga ensina como aproveitar o descanso de fim de ano, desacelerar

Mais da metade dos brasileiros estão sofrendo com um declínio na saúde emocional. Uma pesquisa do Instituto Ipsos encomendada pelo Fórum Econômico Mundial mostrou que o Brasil está entre os cinco países que tiveram a queda mais acentuada no bem-estar mental da população desde o início da pandemia.

 

Enquanto a média global ficou em 45%, o percentual de brasileiros que relataram piora na saúde mental ficou em 53%, atrás apenas da Itália (54%), Hungria (56%), Chile (56%) e Turquia (61%).

 

Mesmo antes da pandemia, as estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) já indicavam 18 milhões de brasileiros com ansiedade e mais de 12 milhões com depressão.

 

Supervisora do Serviço-Escola de Psicologia do UniCuritiba – instituição que faz parte da Ânima Educação, uma das maiores organizações educacionais de ensino superior do país - a psicóloga Daniela Jungles diz que o tema merece atenção. “O Brasil já era líder em transtornos de ansiedade e depressão e a vida ficou mais complicada nos últimos dois anos.”

 

Segundo ela, a Covid-19 não apenas colapsou o sistema de saúde, matou mais de 610 mil brasileiros e adoeceu 22 milhões de pessoas no país, mas também desestabilizou o equilíbrio emocional de muita gente. “Insônia, crises de pânico, alterações no apetite e oscilações no humor estão entre as queixas mais comuns de quem, de uma hora para outra, se viu perdido em meio ao caos.”

 

Energia para 2022

Para restabelecer a saúde mental, a dica da professora do UniCuritiba e mestre em Ciências da Educação pela Université de Sherbrooke (Canadá) é aproveitar o fim de ano para restabelecer a energia e se preparar para 2022. “Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 as pessoas começam a respirar mais aliviadas e as férias são importantes para relaxar e amenizar a exaustão mental”, comenta Daniela Jungles.

 

Para dar um tempo no estresse e na rotina não são necessários grandes investimentos. “Não precisa fazer longas viagens de férias ou visitar lugares inusitados. A questão está em aproveitar o tempo livre para higienizar a mente, descansar e fazer atividades prazerosas”, orienta a psicóloga.

 

Para tornar as férias reparadoras, anote algumas dicas:

 

1.     Descanse, faça atividades gratificantes, passeie ao ar livre, leia um livro, maratone uma série. Não é necessário fazer longas viagens para aproveitar as férias.

2.     Não queira organizar, controlar ou administrar tudo ao mesmo tempo. Aprenda a dizer não e respeite seu tempo.

3.     Lembre-se que as redes sociais apresentam uma realidade perversa. Ninguém posta momentos de tristeza, decepções ou problemas, mas isso não quer dizer que todos sejam felizes o tempo todo. Não se compare nem se iluda.

4.     A melhor maneira de superar a exaustão mental é descansando, saindo da rotina e tendo uma atitude diferente em relação às obrigações diárias.

5.     Inspire-se em pessoas que conseguiram superar as adversidades com um olhar positivo para a vida.

6.     Se você tem poucos dias de folga, evite viagens longas e cansativas, fuja de congestionamentos e da correria em rodoviárias e aeroportos.

7.     Coloque o sono em dia, se dê o direito de não fazer nada, visite um ponto turístico ou recanto em sua própria cidade.

8.     Aproveite a folga para brincar com os filhos ou netos, passeie com seu pet, visite um amigo. Tudo isso contribui para aliviar a tensão.

9.     Estimule seu cérebro positivamente e faça novos projetos para o futuro. A falta de planos equivale a uma lesão neurológica.

10. Faça uma limonada com os limões que a vida oferece e lembre-se da velha máxima: “o que não tem remédio, remediado está”. Não sofra por questões que estão fora do seu alcance.

11. O tempo necessário para o relaxamento completo depende do quão cansado você está, do seu tipo de trabalho, sua personalidade e as dificuldades vivenciadas ao longo do ano. Por isso, aproveite cada minuto das férias para se desconectar da rotina.

12. Em média, duas semanas consecutivas de folga já trazem benefícios à saúde mental, mas todo feriadão é bem-vindo para quem não tem recesso longo no fim do ano.

13.  Se o esgotamento mental persistir, não deixe que se transforme em uma patologia mais grave como depressão ou síndrome do pânico. Se tiver dificuldades para realizar atividades do dia a dia, fadiga excessiva, distúrbios do sono, irritabilidade, baixa concentração ou falta de motivação, procure ajuda especializada.


Veja também:


19/05/2024 | 12h55min

» : Hérnia de disco tem cura? Entenda a condição que afeta a coluna

15/05/2024 | 09h44min

» : Água com canela emagrece? Descubra benefícios e efeitos da bebida no corpo

15/05/2024 | 09h27min

» : Quais os benefícios de beber um copo de água morna de limão com uma pitada de sal


Comentários:


Voltar ao topo