No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » #fazbem


05/02/2019 | 11h51min

Arroz e feijão são uma combinação completa de proteínas vegetais

Veja os benefícios do cereal e da leguminosa

Arroz e feijão. Foto: DivulgaçãoArroz e feijão. Foto: Divulgação

É muito difícil não encontrar o arroz com feijão no prato do brasileiro. Além de gostosa, essa combinação típica traz diversos benefícios para a saúde. No entanto, é preciso ter atenção na hora de preparar esse prato, já que geralmente é utilizada uma quantidade superior de óleo e sal, o que traz diversos prejuízos para o organismo. Veja os benefícios do arroz e feijão e a maneira mais saudável de preparar ambos os alimentos.


 

Benefícios do arroz e feijão

 

Preto, carioquinha ou de corda, o feijão é fonte de ferro, zinco e cálcio, rico em vitaminas do complexo B, fibras, minerais, carboidratos e proteínas. Segundo o Ministério da Saúde, o feijão pode ser um ótimo aliado para quem quer emagrecer, pois, ajuda a controlar a fome por conta do alto teor de fibras, que contribui para a maior sensação de saciedade, ou seja, evita que a pessoa coma mais do que o necessário.

 

Já o arroz é um cereal originário da Ásia que conquistou o paladar de diversas pessoas ao redor do mundo. Seja integral, preto, arbóreo, vermelho, selvagem ou orgânico, atualmente faz parte da alimentação de mais da metade da população mundial, tornando-se um importante fator econômico e social, principalmente no Brasil.

 

Extremamente nutritivo – principalmente a versão integral em razão da maior quantidade de nutrientes e fibras –, o arroz é uma importante fonte de energia para o organismo. Rico em fibras e proteínas, contém grandes quantidades de minerais como o ferro e aminoácidos essenciais.

 

Como preparar o arroz e feijão de forma saudável

 

Ao preparar o feijão, é importante reduzir a quantidade de óleo e sal. Para substituir o papel do sal e ainda dar mais sabor à preparação do feijão, aproveite a grande variedade de temperos, que vai desde cebola, alho, louro e salsinha até cebolinha, pimenta e coentro, dentre vários outros.

 

Evite utilizar bacon, paio e linguiça para “temperar” o feijão, pois esses alimentos soltam gordura e deixam a receita mais rica em gorduras saturadas. Para quem não abre mão do sabor defumado que essas carnes processadas dão ao feijão, vale utilizar o tofu defumado, que possui um gosto muito semelhante.

 

Priorize o óleo de coco e o azeite, que são bem mais saudáveis do que o óleo de cozinha comum. Agora, para dar mais consistência à água do feijão e aumentar o rendimento da receita, adicione uma colher de sopa de biomassa de banana-verde, que contém amido resistente, fibras e flavonoides. Vale lembrar que a biomassa não altera o sabor do feijão e não tem gosto de banana.

 

Já o arroz possibilita uma preparação mais versátil, pode-se acrescentar vegetais e outros grãos à sua preparação. Sem contar que também é possível optar pelo óleo de coco e o azeite ao invés do óleo de canola, milho e girassol.

 

Natue

 

 


Veja também:


01/12/2019 | 10h44min

» Saúde: Caminhar diariamente faz bem ao coração e ao cérebro, além de emagrecer

30/11/2019 | 17h25min

» #ficaadica: Receita de pudim de Abacaxi

27/11/2019 | 13h21min

» #ficaadica: Doce de banana caseiro


Comentários:


Voltar ao topo