No ar:

Ouvir!     

» Geral » TV


23/01/2019 | 13h05min

Vanderson sai do BBB19 intimado pela polícia

O rapaz é acusado de estupro e violência doméstica

Vanderson é acusado de estupro. Foto: Divulgação/GloboVanderson é acusado de estupro. Foto: Divulgação/Globo

A delegada Rita Salim, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (DEAM), no Rio de Janeiro, esteve na manhã desta quarta-feira (23), nos Estúdios da Globo, e intimou o biólogo e coordenador educacional indígena, Vanderson, de 35 anos, a prestar depoimento em inquérito instaurado após denúncias feitas contra o participante. A ex-namorada e pelo menos duas outras mulheres foram às redes sociais acusar o participante Vanderson, do Acre, de agressão físicae estupro.

 

O apresentador Tiago Leifert anunciará a decisão na edição desta noite, 23. Ele já comunicou o ocorrido aos jogadores no início desta tarde.

 

 

Confira a íntegra do comunicado feito pela emissora:

 

A delegada Rita Salim, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (DEAM), no Rio de Janeiro, esteve na manhã desta quarta-feira, dia 23, nos Estúdios da Globo, e intimou o biólogo e coordenador educacional indígena, Vanderson, de 35 anos, a prestar depoimento em inquérito instaurado após denúncias feitas contra o participante.

 

A saída de um candidato da casa resulta na sua desclassificação do BBB19. Vanderson não será substituído e o programa seguirá com 15 participantes. O apresentador Tiago Leifert anunciará a decisão na edição desta noite.

Após ter sido confirmado no Big Brother Brasil 19, a ex-namorada e pelo menos duas outras mulheres foram às redes sociais acusar o participante Vanderson, do Acre, de agressão físicae estupro.

 


Veja também:


24/04/2019 | 13h31min

» TV: Analise Severo substituirá Shana Müller na apresentação do “Galpão Crioulo”

24/04/2019 | 12h18min

» Economia: Quatro em cada dez brasileiros recorreram ao cartão de crédito em fevereiro para fazer compras

24/04/2019 | 12h10min

» Justiça: Robô com inteligência artificial vai auxiliar no combate à violência contra a mulher


Comentários:


Voltar ao topo