No ar:
Amanhecer Nos pampas -    05h00min às 06h30min

Ouvir!     

» Geral » Copa São Paulo de Futebol Júnior


28/12/2021 | 09h33min

Vai começar a maior competição de garotos do futebol mundial

A Copinha começa em 2 de janeiro, com 128 times de todo o Brasil; Inter e Grêmio são tradicionais na competição

Foto: Alexandre Battibugli/FPF/DivulgaçãoFoto: Alexandre Battibugli/FPF/Divulgação

O calendário do futebol brasileiro começa logo nos primeiros dias de janeiro. Trata-se da tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior, com 128 clubes participantes de todos os Estados, e mais de três mil jogadores buscando um sonho no mundo da bola.

 

A Copinha, como é carinhosamente conhecida por ter garotos de até 20 anos em ação, será realizada em 32 sedes espalhadas entre o interior de São Paulo, Grande São Paulo, Grande ABC e Capital. Começa no dia 2 e vai até 25 de janeiro, data do aniversário da cidade de São Paulo.

 

Na primeira fase, os times se enfrentam dentro de cada um dos 32 grupos, com quatro equipes cada, em um total de três partidas para cada um dos 128 participantes. Classificam-se para a segunda fase os dois primeiros colocados de cada chave, em total de 64 times. A partir daí a competição vira mata-mata até a final.

 

Após ser cancelada em 2021 por causa da pandemia de covid-19, a Copinha volta em 2022 com a corda toda. E respeitando todos os protocolos de saúde. Todos os jogos serão transmitidos ao vivo nas plataformas da internet da Federação Paulista de Futebol (Paulistão Play e Eleven), no YouTube, além de emissoras de TV aberta e fechada. Uma festa da molecada!

 

A maior competição do futebol mundial na categoria Sub 20 terá 10 clubes do Norte, 12 do Sul, 10 do Centro-Oeste, 13 do Sudeste e 27 do Nordeste. De São Paulo, local da competição, teremos 56 representantes, das quatro principais divisões do futebol paulista.

 

Na Copinha teremos todos os clubes tradicionais, gigantes, com grande estrutura, inúmeros títulos na categoria e facilidade para revelar novos talentos. Mas, a maioria das equipes, não tem recursos financeiros sequer para viajar de avião para São Paulo. Chegam de lugares distantes, viajando de ônibus por três ou quatro dias, passando o Ano Novo em trânsito, em busca de um sonho. Uma oportunidade única para garotos vingarem no mundo da bola.


Veja também:


27/05/2022 | 17h07min

» Política: Câmara discute aumento de pena para crimes contra idosos

27/05/2022 | 15h48min

» Trânsito: PRF atende acidente com lesões leves em São Borja

27/05/2022 | 13h48min

» Política: Instituído em Santiago o Dia Municipal da Cultura


Comentários:


Voltar ao topo