No ar:

Ouvir!     

» Geral » Curso de Direito


20/03/2019 | 09h52min

Uri Santiago: acadêmicos receberam Florisbal Del’Olmo para falar sobre Direito Internacional

 Florisbal de Souza Del’Olmo. Foto: Divulgação/Uri Santiago Florisbal de Souza Del’Olmo. Foto: Divulgação/Uri Santiago

“Nosso desejo é de que os alunos aproveitem a universidade no ensino, na pesquisa e na extensão. E que tenham felicidade, porque a universidade é um espaço para sermos felizes mesmo dentro das nossas dificuldades e desafios” - coordenadora do curso de Direito, Fabiana Barcelos Cardoso. Com esse entusiasmo, os alunos do curso foram recepcionados pelos professores, na noite desta segunda-feira (18), durante a Aula Inaugural, que teve como tema principal o Direito Internacional.

 

O professor pós-doutor em Direito, Florisbal de Souza Del’Olmo, abordou o tema “Contexto Latino Americano e Internacional Contemporânea” explanando um pouco do conhecimento adquirido ao longo dos seus 23 anos de carreira acadêmica e falando sobre os desafios aos futuros profissionais. “Estamos vivendo uma época de convulsão no mundo. Muitas profissões estão desaparecendo e outras ainda vão desaparecer, mas o Direito tem muito futuro, justamente pela necessidade de interação entre os Estados” – diz Del’Olmo. Para o professor, o Direito precisa ser visto contextualizado e cada vez mais será desta forma, por isso a importância de discutir o tema: “Penso até em uma universalização de Estados futuramente, quem sabe”, justifica Del’Olmo.

 

Ele, que é referência em muitas universidades do país, diz que sempre gostou de estudar e ler muito. E deixa uma mensagem aos acadêmicos para esse início de ano letivo: “estudem, ousem, sonhem, e nunca tenham olhar pessimista. Hoje, temos de ser um Deus, não no sentido da divindade, mas no sentido de rei daquilo que a gente consegue. E todo mundo consegue”, ressalta.

 

A psicóloga e acadêmica do primeiro semestre, Cintia Wertonge, está bastante entusiasmada com o início da nova caminhada e seguirá os conselhos de Del’Olmo: “Minha paixão por Direito é antiga já. Trabalho pelos direitos humanos e eu quero fomentar essa luta pelos direitos humanos. Nunca parei de estudar, já atuei internacionalmente e vou estudar muito para concluir o meu curso com excelência e, se Deus quiser, ser uma excelente profissional”, justifica

 

Novidades

 

Em abril, o curso de Direito deverá realizar a primeira semana acadêmica do ano e a coordenadora do curso afirma que fechou uma parceria com a Magistratura Federal: “tendo em vista o processo da lava jato, competências e distribuições de processos, ficou latente que todos tivéssemos uma conversa, uma proximidade maior com a Escola da Magistratura, com os juízes federais e vamos realizar este desejo”, diz Fabiana.


Veja também:


18/07/2019 | 16h46min

» Agenda: Bandeira do Brasil será tema da Semana da Pátria em Santiago. Ordem do desfile está pré-definida

18/07/2019 | 11h05min

» Solidariedade: Campanha do Agasalho de Santiago perto de 70 mil peças arrecadadas

18/07/2019 | 10h20min

» Saúde: Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas


Comentários:


Voltar ao topo