No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Segurança


27/08/2019 | 13h56min

Um novo golpe está sendo aplicado com intuito de “furtar” contas de Whatssap

Criminosos atacam especificamente pessoas que tenham anunciado algum produto à venda por plataformas de classificados de internet

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Um novo golpe está sendo aplicado com intuito de “furtar” contas de Whatssap de diversos usuários, não havendo emprego de qualquer programa malicioso, mas os criminosos atacam especificamente pessoas que tenham anunciado algum produto à venda por plataformas de classificados de internet como OLX, Mercado Livre, Zap Imóveis, Webmotors, entre outras.

 

  A metodologia é simples, porém engenhosa, podendo sofrer eventuais variações: os criminosos monitoram plataformas de vendas onde vítimas em potencial tenham postado anúncios referentes a algum produto. De posse das informações do anúncio, eles entram em contato com a pessoa via ligação telefônica, SMS ou até mesmo por Whatssap, se passando por funcionário da plataforma de vendas, dizendo que precisam confirmar alguns dados ou então que o anúncio vem recebendo um alto número de reclamações. Em ambos os casos, eles pedem que o usuário confirme um código numérico recebido via SMS.

 

Quando a vítima responde à mensagem e envia o tal “Código de Confirmação” recebido, o fraudador começa ativar o Whatssap da vítima em um novo celular e o suposto “Código de Confirmação” é, na verdade, o “Código de Ativação da sua Conta do Whatssap”. Uma vez ativado no celular do criminoso, a vítima perde o acesso ao seu aplicativo e precisará esperar algumas horas para solicitar novo Código e tentar recuperá-lo.

 

 Após ativarem o Whatssap da vítima, os criminosos começam a enviar mensagens para os contatos mais recentes, que normalmente são amigos próximos ou familiares, pedindo um empréstimo para uma despesa urgente, indicando uma conta corrente para depósito de tais valores.

 

  A Polícia Civil alerta a população  para que tenha atenção e não encaminhe ou forneça Códigos de Segurança para terceiros.


Veja também:


17/10/2019 | 09h38min

» Cidadania: Unidade do Taifa é reinaugurado no bairro Missões

17/10/2019 | 09h24min

» Saúde: Senado aprova obrigação de exame em 30 dias para diagnóstico de câncer

17/10/2019 | 09h19min

» Economia: Caixa e BB iniciam nova fase de pagamento do PIS/Pasep


Comentários:


Voltar ao topo