No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    00h00min às 04h59min

Ouvir!     

» Geral » Destinação do Coração


16/04/2024 | 17h00min

Seu imposto de renda pode ajudar crianças e idosos

Santiago tem um potencial de arrecadação acima de R$3 milhões que poderiam ficar no município se todos fizerem a destinação

Imagem: DivulgaçãoImagem: Divulgação

Com um pouco de cada um dá pra ajudar muita gente e cada centavo conta na campanha Destinação do Coração 2024. A iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social, juntamente com os escritórios de contabilidade, almeja aumentar a arrecadação de recursos destinados através da Declaração do Imposto de Renda, proporcionando investimentos para projetos voltados a atender crianças, adolescentes e idosos, beneficiando projetos como "Olhar Adolescente" ou o Asilo Santa Isabel, por exemplo.


Santiago tem um potencial de arrecadação acima de R$3 milhões que poderiam ficar no município se todos fizerem a destinação, evitando que esse dinheiro vá embora do município e seja aplicado aqui. Na visão da secretária de Desenvolvimento Social, Denise Cardoso, a meta é de arrecadar acima de 10% desse valor, o que já garantiria ao menos R$ 300 mil. Mas, claro, o ideal é conseguir o máximo possível.

 

Diferente do que muitos pensam, esse ato de solidariedade não implica em aumento de tributos ou redução de restituição para o contribuinte. O valor destinado à doação já faz parte do total devido, ou seja, aquele que o contribuinte já teria que pagar de qualquer maneira.

 

O período de destinação para projetos atendidos pelos Fundos da Criança e do Adolecente e pelo Fundo Municipal do Idoso vão até o dia 31 de maio.

 

Durante esse período, pessoas físicas que declaram o Imposto de Renda por deduções legais (modelo completo) poderão destinar até 6% do imposto devido, sendo 3% para o Fundo Municipal do Idoso, e 3% para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente. Pessoas jurídicas que declaram o Imposto de Renda (IR) pelo lucro real podem destinar 1%.

 


COMO DESTINAR
Confira o passo a passo:


1° - Após lançar as receitas e despesas na declaração, verificar qual a melhor opção:
deduções legais; ou desconto simplificado;
2° - Se optar por deduções legais, clique em doações diretamente na declaração;
3° - Você pode escolher destinar 3% para o Fundo Municipal da Criança e do
Adolescente e mais 3% para o Fundo Municipal do Idoso. Clicando em novo, o valor disponível para doação aparecerá na tela;
4° - Escolha o Fundo Municipal, selecione Rio Grande do Sul, depois SANTIAGO,
digite o valor que deseja destinar para cada um dos fundos, separadamente;
5° - Clique em ok, imprima os dois DARFs e pague na rede bancária até o dia 31 de maio de 2024;
6° - O valor destinado será abatido do total a ser pago ou somado no valor a ser restituído, atualizado pela taxa SELIC;
7° - Se quiser escolher a entidade a ser beneficiada, depois de pagar o DARF.

 


DESTINAÇÃO IR


Para: FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES (FUMDICA)
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL – Banco: Nº104 - AG: 0503
CONTA: OP: 006 - 00000256-2
Para TRANSFERÊNCIA:CNPJ: 14.368.522/0001-55
BANRISUL - 0360 - 04.023.178.0-2

 

Para: FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO(FMI)
BANRISUL – BANCO nº 041 AG: 0360
CONTA: 04.079433.0-2
Para TRANSFERÊNCIA:CNPJ:24.148.516/0001-46
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - 0503 006.71017-6

 


Veja também:


26/05/2024 | 13h39min

» : PRF prende traficantes com skunk e haxixe em carro com donativos

26/05/2024 | 13h24min

» : Número de mortes causadas pelas chuvas no RS sobe para 169

26/05/2024 | 13h20min

» : STF prorroga cotas raciais em concursos até Congresso votar nova lei


Comentários:


Voltar ao topo