No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


12/09/2020 | 07h10min

Sete regiões estão em bandeira vermelha na 19ª rodada do Distanciamento Controlado

Entre elas a região de Santa Maria que engloba Santiago e outros 31 municípios

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Na semana em que o Estado completa seis meses desde a notificação do primeiro caso de coronavírus, em 10 de março, o modelo de Distanciamento Controlado chega à 19ª rodada. O mapa preliminar traz sete regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto para Covid-19). As outras 14 regiões estão em bandeira laranja (risco epidemiológico médio).

 

Confira o mapa no site https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

 

Além de Porto Alegre, Erechim e Palmeira das Missões – três regiões que já estavam em bandeira vermelha e se mantiveram nesta rodada –, os indicadores apontaram piora em outras quatro regiões. Santa Maria, Guaíba, Passo Fundo e Caxias do Sul completam as sete regiões classificadas em vermelho neste mapa preliminar.

 

Em todo o Rio Grande do Sul, houve queda em alguns indicadores, como hospitalizações (-7%) e internados em leitos clínicos (-14%). Ocorreu também estabilização no número de leitos livres.

 

Como houve um aumento dos pacientes internados por outros motivos, a razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19 apresentou leve queda, mantendo-se abaixo de um leito livre para cada ocupado, o que exige cautela para não permitir novas acelerações no número de internações pela doença no Estado.

 

Desde a 14ª rodada está vigente o modelo de cogestão, no qual as regiões Covid podem adotar protocolos menos restritivos à bandeira na qual estão classificados, mas no mínimo iguais à bandeira anterior. Para tanto, precisam elaborar planos estruturados próprios aprovados por no mínimo dois terços dos prefeitos e avalizados por uma equipe técnica. Das sete regiões em vermelho, somente Santa Maria e Guaíba não apresentaram um protocolo próprio de cogestão.

 

Os documentos devem ser encaminhados para o Gabinete de Crise exclusivamente via formulário eletrônico, com no mínimo 48 horas de antecedência do início da vigência do plano, no endereço https://bit.ly/formulariocogestao.

 

O pedido de reconsideração à classificação da bandeira, que pode ser feito via associação regional ou pelo próprio município, também deverá ser encaminhado exclusivamente por meio de formulário eletrônico, no site https://forms.gle/HGJZPRmaejPxmr4NA, no prazo máximo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar – ou seja, até as 6h de domingo (13).

 

A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (14/9), por meio de notícia publicada no site do governo do Estado. A vigência das bandeiras da 19ª rodada começa à 0h de terça-feira (15) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (21).


Veja também:


28/09/2020 | 16h59min

» Economia: Prazo de entrega da declaração do ITR acaba nesta quarta-feira

28/09/2020 | 16h57min

» Economia: Governo anuncia Renda Cidadã, com recursos de precatórios e do Fundeb

28/09/2020 | 16h03min

» Serviço: Prova de vida de servidores aposentados é suspensa até 31 de outubro


Comentários:


Voltar ao topo