No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


27/02/2020 | 06h21min

Será que Santiago está preparado para o Coronavírus

Com a confirmação de um caso no Brasil, as equipes não perderam tempo e já estão sendo mobilizadas pelo secretário de Saúde Éldrio Machado.

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

A Secretaria de Saúde de Santiago sempre esteve atenta desde que iniciou a epidemias do Coronavírus na China.  Agora, com a confirmação de um caso no Brasil, as equipes não perderam tempo e já estão sendo mobilizadas pelo secretário de Saúde Éldrio Machado. 

 

Na última quarta, ele esteve reunido nas primeiras horas de trabalho com o gestor de Atenção Básica, Anderson Bastos, a enfermeira-chefe da da Vigilância Epidemiológica, Nandrea Burmann e a Tatiana Atarão Vaz, gestora de Atenção Especializada, para debater como o coronavírus seria, eventualmente, enfrentado em Santiago. 

 

Eles também estiveram reunidos com a direção do Grupo Hospitalar Santiago (GHS) para ampliar essas discussões e avaliar os protocolos de atendimento que passariam a funcionar tanto nas unidades municipais de saúde, quanto no Hospital.

 

"Sempre estivemos monitorando as notícias sobre a doença, as formas de contágio, prevenção e tratamento, contatando especialistas e planejando nossa atuação pelo sistema de saúde do município", ressaltou o Éldrio Machado, que é preciso também observar casos de pessoas que estiveram em outros países, a questão dos sintomas e tudo o mais, pois o contágio se dá igual acontece com outras gripes, como a influenza e a H1N1. A seguir, o secretário elencou algumas situações:

 

Quais são os cuidados

 

Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
Não compartilhar objetos de uso pessoal;
Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool; Sempre lavar as mãos após tossir ou respirar.
Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
Usar lenços descartáveis 
Ao utilizar transporte público usar álcool gel nas mãos 
Manter os ambientes sempre ventilados
Evitar aperto de mãos com pessoas que apresentem sintomas gripais
Evitar tocar nos olhos, nariz ou boca.

 

Sintomas

 

Febre alta
Tosse seca
Dificuldade para respirar
Cansaço

 

Qual é o tratamento?

 

Ainda não há um tratamento específico,nem vacina. O Ministério da Saúde brasileiro recomenda repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas (como analgésicos), conforme cada caso.


Veja também:


07/04/2020 | 09h59min

» Saúde: INSS antecipa pagamento de um salário mínimo de auxílio-doença

07/04/2020 | 09h56min

» Internacional: Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

07/04/2020 | 09h50min

» Saúde: Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio


Comentários:


Voltar ao topo