No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h30min às 06h30min

Ouvir!     

» Geral » Educação


22/05/2019 | 09h07min

Segue a Jornada Acadêmica de Estudos Farmacêuticos na Uri

As palestras e minicursos terão continuidade até está sexta

A semana de estudos começou com minicurso de produção de cerveja artesanal durante o período da tarde e à noite foi realizada uma Mesa Redonda com a temática “Judicialização da Saúde” envolvendo profissionais da farmácia e direito em nível municipal, regional e estadual: Carlos Henrique Gomes – Procurador Jurídico do Estado, Graziela Fortes da Rocha – Procuradora Jurídica do Município, Lucas Appel Mazo – Defensor Público do Município, Deise Bruning Kurle – Farmacêutica e Gisélle Kolinski Ribeiro – Gestora de Saúde.

 

A temática é bastante discutida justamente pelo fato de haver muitos processos jurídicos envolvendo direitos dos cidadãos na área da saúde. E, conforme a coordenadora do curso de farmácia, Amanda Leitão Gindri, “mais de 90% da Judicialização da Saúde envolve os medicamentos”, por isso a escolha do tema.

 

Os palestrantes fizeram uma breve explanação sobre suas funções e responsabilidades acerca da temática, sendo que a primeira fala foi da secretária de Saúde de Santiago, Gisélle Kolinski, quando falou sobre a realidade municipal neste cenário: “Temos uma atenção primária hoje, basicamente toda completa, todos os ESFS (postos do programa Estratégia Saúde da Família) em todos os bairros, menos centro, com profissionais. O que nos está prejudicando hoje é a judicialização de medicamentos, que é uma realidade não só dos municípios, mas também do estado”.

 

O Procurador Jurídico do Estado, em concordância com Gisélle, destacou a qualidade do setor de saúde em Santiago, pois segundo ele, o município colabora com a resolução dos problemas e conflitos que existem. Em sequência, explicou qual o papel do poder judiciário: “A função do poder judiciário é resolver os conflitos entre as pessoas, sejam individuais, pessoas jurídicas ou pessoas consideradas no âmbito coletivo, aplicar a leis e decretos, respeitados em hierarquia e por fim pacificar a situação social”, afirmou Carlos Henrique Gomes. Fato que vem sendo feito, porém a demanda de pedidos é extremamente alta, justifica.

 

Dando continuidade as atividades, nesta terça-feira (21), às 20h, no auditório, palestrou o professor da Universidade Federal de Santa Maria, Roberto Christ Vianna Santos. O tema foi “Novas abordagens no combate a micro-organismos multirresistentes”. A semana de estudos segue até o dia 24, com assuntos relevantes e diversos.   


Veja também:


19/06/2019 | 18h29min

» Polícia: Decretada prisão preventiva de mãe suspeita de matar a filha recém-nascida

19/06/2019 | 15h13min

» Trânsito: Brigada Militar de Santiago realiza ação conjunta com Guarda Municipal

19/06/2019 | 11h27min

» Comércio: Centro Empresarial de Santiago realiza segundo sorteio da Campanha Comprar Aqui É Bom Demais.


Comentários:


Voltar ao topo