No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Educação


15/05/2020 | 15h22min

Secretaria de Educação de Santiago apresenta estratégicas de ações de enfrentamento no período da pandemia da Covid 19

As atividades domiciliares complementares na rede municipal de ensino tiveram início no dia 16 de abril

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Secretaria Municipal de Educação apresenta as estratégicas de ações de enfrentamento no período da pandemia da Covid 19.

 

De acordo com a titular da pasta, Mara Rebelo, desde que ocorreu a suspensão das aulas no dia 19 de março, a secretaria iniciou imediatamente o planejamento das estratégias. As atividades domiciliares complementares na rede municipal de ensino tiveram início no dia 16 de abril.

 

Pelo monitoramento nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental o percentual de alunos atingidos  pelas atividades domiciliares à distância,  foi de 96,55%, do total existente na rede de 2.654 estudantes.

 

O percentual menor por escola foi de 82,72% e o maior, de 100%. Já a média de alunos não atingidos pelas atividades domiciliares à distância, em todas  as 10 Emefs, foi de apenas 3,45%. O maior percentual por escola de alunos não atingidos foi de 17,28% e o menor, de 0%.

 

Nas Escolas Municipais de Educação Infantil – Jardim - a porcentagem média de alunos atingidos pelas atividades domiciliares à distância, foi de 87%, do total de  464 crianças matriculadas nas 10 Emeis.

 

O menor percentual  por escola foi de 11% e o maior de 100%. Já a porcentagem média de não atingidos pelas atividades à distância foi de  12%. O maior percentual por escola 38% e o menor de 0%. Os resultados são referentes ao mês de abril.

 

Conforme a Secretária Mara dentro do Planejamento Estratégico, as atividades domiciliares à distância estão sendo ofertadas duas vezes na semana, dispensadas pelas mídias digitais e também em formato físico pelas equipes gestoras que realizam plantões semanais nas escolas, aguardando as famílias para retirada das atividades. Mara observa que as crianças e adolescentes haviam iniciado o ano letivo, cheios de expectativas, e de repente tiveram que ir para casa.

 

  As equipes técnicas e pedagógicas entenderam ser importante manter o vínculo com as famílias, professores e alunos, iniciando então o planejamento das atividades complementares.


Veja também:


05/06/2020 | 18h21min

» Pandemia: Novo decreto para Santiago estabelece medidas para o comércio, bares e restaurantes

05/06/2020 | 16h43min

» Trânsito: Motorista perde o controle de direção e sai da pista no km 430 da BR 472

05/06/2020 | 15h24min

» Educação: Governo do RS publica portaria para reabertura de escolas


Comentários:


Voltar ao topo