No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


16/03/2020 | 20h53min

Santiago decreta medidas de enfrentamento ao coronavírus, entre elas a suspensão de aulas

Decreto suspende por tempo indeterminado atividades com grande concentração de pessoas, como eventos esportivos, políticos, culturais, comerciais, religiosos, de grupos de idosos etc

Prefeito Tiago Gorski realizou coletiva com a imprensa para anunciar medidas de contenção ao coronavírus. Fotos: Divulgação/Prefeitura de SantiagoPrefeito Tiago Gorski realizou coletiva com a imprensa para anunciar medidas de contenção ao coronavírus. Fotos: Divulgação/Prefeitura de Santiago

Com o avanço de casos de coronavírus no Brasil e no mundo, Santiago passará a adotar medidas para enfrentamento da pandemia, que vão se somar ao Plano de Contingência já preparado no caso de algum caso notificado da doença.

 

Em coletiva realizada com a imprensa de Santiago na noite desta segunda-feira, o prefeito Tiago Gorski Lacerda e o secretário de Saúde, Éldrio Machado, fizeram a divulgação do Decreto Municipal 014/2020 que destaca uma série de ações que levam em consideração o anúncio feito pelo governador Eduardo Leite, do Decreto Estadual 55/115/2020, e também recomendações orientações da Organização Mundial de Saúde, especialmente para proteger as crianças.

 

Entre outras medidas, o decreto suspende por tempo indeterminado atividades com grande concentração de pessoas, como eventos esportivos, políticos, culturais, comerciais, religiosos, de grupos de idosos etc.

 

A partir do dia 19 também ficam suspensas por prazo indeterminado as aulas na rede municipal.

 

Clique para ler o decreto na íntegra

 


Veja também:


07/04/2020 | 09h59min

» Saúde: INSS antecipa pagamento de um salário mínimo de auxílio-doença

07/04/2020 | 09h56min

» Internacional: Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

07/04/2020 | 09h50min

» Saúde: Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio


Comentários:


Voltar ao topo