No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


04/03/2020 | 09h56min

Santiago assina com Sebrae para implantar o programa "Cidade Empreendedora"

É a sexta cidade no RS a implantar o programa e, na região central é a primeira

Santiago assina com Sebrae para implantar o programa "Cidade Empreendedora". Foto: DivulgaçãoSantiago assina com Sebrae para implantar o programa "Cidade Empreendedora". Foto: Divulgação

O prefeito Tiago Gorski assinou contrato com o Sebrae para a implantação do Programa Cidade Empreendedora para avançar na transformação local com a implantação de políticas de desenvolvimento. 

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que tem trabalhado para fomentar novos negócios e criar oportunidades através do empreendedorismo, inovação, será a responsável por executar o programa no município. A Secretaria quer elevar o potencial competitivo da cidade através do desenvolvimento de ferramentas para o agronegócio, indústria, comércio, serviços, tecnologia e educação.

 

Santiago é a sexta cidade no Estado do RS a implantar o programa e, na região central é a primeira. Prevê a implementação de políticas de desenvolvimento através de produtos e serviços. Serão trabalhados quatro eixos no município: liderança; desburocratização; compras governamentais; e educação empreendedora.

 

Conforme o secretário municipal Sadi Gioda, com a implementação do "Cidade Empreendedora" se buscará transformar o ambiente de negócios do município, com apoio e fortalecimento do empreendedorismo visando o desenvolvimento local.  

 

O eixo de liderança prevê soluções no processo de desenvolvimento local, elaboração e avaliação de projetos. O eixo desburocratização prevê soluções para simplificação do processo de abertura e licenciamento de empresas no município. Já o eixo compras governamentais dispõe de soluções para concessão de um tratamento diferenciado, simplificado e favorecido aos pequenos negócios nas licitações públicas, conforme a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. O Eixo fomenta o aumento de oportunidades sociais e econômicas por meio do uso do poder de compras governamentais.

 

Sendo um dos principais eixos a se trabalhar, o eixo Educação Empreendedora visa transformar jovens em cidadãos mais preparados para os novos desafios da sociedade, entendendo o empreendedorismo como um jeito de ser no mundo.

 

O objetivo é estimular o desenvolvimento de competências empreendedoras nos estudantes, alinhados às premissas da nova BNCC (Base Nacional Comum Curricular do MEC – Ministério da Educação e Cultura). Os professores são agentes de transformação responsáveis pelas mudanças que se quer na educação, e por isso a formação continuada e a aplicação de metodologias ativas estão presentes neste eixo.


Veja também:


08/04/2020 | 13h45min

» Economia: Coronavírus: empresária diz que ninguém estava preparado para uma situação dessas

08/04/2020 | 13h23min

» Saúde: Vacinação contra a gripe será retomada nesta quinta em Santiago

08/04/2020 | 11h22min

» Economia: Confira como pedir a renda básica emergencial de R$ 600


Comentários:


Voltar ao topo