No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


06/11/2020 | 16h36min

Saúde mental implica em muito mais do que doenças

De acordo com a psicóloga Shaíne Cortese, que atua no atendimento da Secretaria Municipal de Educação, o ser humano, com todas suas emoções é capaz de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

A saúde mental implica em muito mais do que doenças, já que as pessoas, mentalmente saudáveis compreendem que ninguém é perfeito e que todos possuem limites e não podem “ser tudo para todos”.

 

De acordo com a psicóloga Shaíne Cortese, que atua no atendimento da Secretaria Municipal de Educação, o ser humano, com todas suas emoções é capaz de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabe buscar ajuda quando tem que lidar com conflitos, traumas e transações importantes nos diferentes ciclos da vida.

 

A saúde mental de uma pessoa está relacionada à forma de como ela reage às exigências da vida e ao modo de como ela ameniza seus desejos. Para a técnica as emoções fazem parte da vida.

 

Para cuidar da saúde da mente é preciso compreender que não há nada de errado em olhar para si mesmo./ Para os momentos de  trabalho e estudos demasiados, e situação difícil na família, é bom parar por alguns instantes e aliviar, mas quando isso não é possivel, é a hora de procurar um profissional.

 

Na Secretaria da Educação a clínica escolar, durante a pandemia está á disposição da família. Shaine explica que o objetivo principal desta clínica é acolher e avaliar as crianças e adolescentes que são encaminhados pela equipe de referência. São realizados atendimentos de demandas específicas dos estudantes que estão matriculados na rede municipal a partir dos 05 anos de idade./  Os encaminhamentos referenciados partem dos psicólogos escolares que atuam diretamente nas escolas, para a necessidade, ou não de um atendimento clínico e acompanhamento.

 

Shiane revela que são muitos os diagnósticos por autismo e comportamento, mas que neste momento  de pandemia, figura mais a ansiedade nas crianças e adolescentes.


Veja também:


01/12/2020 | 17h59min

» Pandemia: Anvisa inicia inspeção de fabricação de vacinas na China

01/12/2020 | 17h50min

» Segurança: Polícia: Brigada Militar lança Operação Avante Papai Noel

01/12/2020 | 16h14min

» Pandemia: Melhor estruturado, centro de triagem Covid passa a funcionar na capela do hospital


Comentários:


Voltar ao topo