No ar:
Terra Nativa - Luiz Fernando Rocha    07h00min às 08h00min

Ouvir!     

» Geral » Região


15/03/2019 | 10h57min

Reunião mostrou análise de 27 projetos realizados pelo COREDE

Ao todo, serão realizados 12 encontros que definirão ações financiáveis e a metodologia de execução dos projetos

Primeira reunião aconteceu nesta quinta. Foto: DivulgaçãoPrimeira reunião aconteceu nesta quinta. Foto: Divulgação

Foi realizada na última quinta-feira (14), no Instituto Federal farroupilha de São Vicente do Sul, a primeira reunião que mostra a análise de projetos realizados pelo COREDE do Vale do Jaguari.

 

A ação tem base em uma linha de crédito do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) a projetos do Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional.

 

“O Fórum foi bastante esclarecedor no sentido de mostrar quais projetos são viáveis ou não, e quais os caminhos a seguir”, afirma a diretora administrativa do Câmpus, Rita Nicola, que representou a universidade durante o evento. Segundo a professora, a análise mostrou que os 27 projetos podem ser subdivididos, devido sua abrangência. Eles foram classificados em seis categorias: financiável; não financiável; não tem recurso; direcionados à consulta popular; extensos e dificilmente financiáveis e projetos de difícil entendimento. “Desta forma pudemos também ter novos direcionamentos sobre os projetos idealizados e que a URI também tem interesse em implantar”, finaliza Rita.

 

Ao todo, serão realizados 12 encontros que definirão ações financiáveis e a metodologia de execução dos projetos. Esta é uma parceria do governo com os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), que tem por finalidade gerar o crescimento econômico e social.

 

Projetos no estado

 

Em levantamento parcial feito pelo BRDE, considerando os 1.996 projetos de municípios, instituições e entidades que o banco teve acesso, 20% já estariam aptos a receber subsídios. Além do apoio do BRDE, a SGGE também avalia possibilidades de outros financiamentos, como verbas do governo federal e bancos nacionais e estrangeiros de fomento.


Veja também:


23/05/2019 | 17h27min

» Cidadania: Cras do bairro Missões festeja 10 anos em Santiago

23/05/2019 | 17h26min

» Política: Sério Moro lamenta transferência do Coaf para Ministério da Economia

23/05/2019 | 17h16min

» Serviço: Dos 39.718 eleitores de Santiago, faltam ainda 15.445, sem Biometria


Comentários:


Voltar ao topo