No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Voltamos para a bandeira laranja


16/06/2020 | 17h30min

Região de Santa Maria e Santo Ângelo voltam para a bandeira laranja

Governo do Estado atualizou Distanciamento Controlado e manteve Caxias do Sul e Uruguaiana na cor vermelha

Santiago volta para a bandeira laranja.  Foto: Ieda BeltrãoSantiago volta para a bandeira laranja. Foto: Ieda Beltrão

O governador Eduardo Leite comunicou a pouco em live a volta da região de Santa Maria e Santo Ângelo para bandeira laranja. 

 

Na tarde da última segunda-feira (16), o governador ouviu os argumentos dos prefeitos dessas regiões, e colocou essas zonas novamente sob a bandeira laranja, que aponta risco médio e permite que o comércio e a indústria, entre outros setores da economia, permaneçam abertos, respeitando uma série de medidas de segurança. 

 

A principal justificativa apresentada - no caso da região de Santa Maria, a qual Santiago pertence - foi a inclusão de sete leitos extras criados em Santa Maria e que não estavam computados quando do cálculo do governo estadual que alterou a cor da bandeira para uma de risco mais alto.

 

O prefeito Tiago Gorski estava otimista desde o retorno, mas sempre deixando claro que precisamos estar atentos, tomar todas as medidas protetivas e evitar ao máximo aglomerações.  Com a volta da bandeira laranja (em vigor antes) o comércio abre, porém com aquelas medidas restritivas já observadas e em vigor. 

 

Uruguaiana e da Serra

 

A zonas de Uruguaiana e da Serra não conseguiram apresentar indicadores para reverter o quadro de bandeira vermelha e continuam com o nível de restrição mais elevado. 

 

Leite também anunciou que o Estado vai mudar o formato de atualização do modelo de distanciamento controlado contra o coronavírus. Agora, os dados que servem como base para o sistema de bandeiras serão agrupados na quinta-feira, consolidados na sexta-feira e enviados aos municípios, que poderão contestar a posição do governo. Em seguida, o gabinete de crise se reunirá às segundas-feiras para avaliar as alegações. Depois dessa fase, a atualização do modelo será fechada e valerá a partir de terça-feira. 

 


Veja também:


13/07/2020 | 09h47min

» Economia: Governo inicia pagamento por parcelas a servidores que recebem acima de R$ 1,5 mil

13/07/2020 | 09h45min

» Educação: MEC diz que resultado do Sisu sairá nesta terça-feira

13/07/2020 | 09h43min

» Economia: Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março


Comentários:


Voltar ao topo