No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h30min às 06h30min

Ouvir!     

» Geral » Educação


13/12/2018 | 17h02min

Rede municipal capacita professores para o curso de Libras

São 25 educadores estarão concretizando as ações deste curso

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Neste sábado (15), se realiza a primeira cerimônia do curso da Língua Brasileira de Sinais, na sede do Centro de Referências do IFFAR, com início às 14h.

 

De acordo com a secretária de Educação e Cultura, Mara Rebelo, 25 professores da rede municipal de Santiago estarão concretizando as ações deste curso, iniciado na metade do ano passado.

 

Ela lembra a importância deste curso, na medida em que ele também possibilita à família desenvolver esta forma de entendimento com seus filhos e familiares surdos. Para Mara o trabalho começa na escola e tem sequência em casa.

 

A Língua Brasileira de Sinais, é um conjunto de formas gestuais utilizada por deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas, sejam elas surdas ou ouvintes. Ela tem sua origem baseada na linguagem de sinais francesa e é um dos conjuntos de sinais existentes no mundo inteiro com o propósito de realizar a comunicação entre pessoas com deficiência auditiva.

 

A língua brasileira de sinais não simboliza, portanto, a simples gestualização da língua portuguesa. Ela é formada por diferentes níveis linguísticos A principal diferença está na modalidade de articulação, que é visual-espacial.Para se comunicar utilizando a língua brasileira de sinais, além de conhecer os sinais, é preciso também conhecer as estruturas gramaticais para combinar as frases e estabelecer a comunicação de forma correta.


Veja também:


16/07/2019 | 16h48min

» Política: Deputado Marcelo Brum faz anúncio de recurso para conclusão do Aeroporto de Santiago

16/07/2019 | 10h05min

» Economia: Passagens aéreas ficarão mais baratas a partir de setembro, anuncia ministro da Infraestrutura

16/07/2019 | 09h12min

» Agenda: Departamento de Cultura de Santiago participa de reunião em Unistalda


Comentários:


Voltar ao topo