No ar:

Ouvir!     

» Geral » Habitação


05/02/2019 | 16h13min

Projeto para as novas residências depende somente do Governo Federal

O investimento é de quase R$ 30 milhões

O projeto de construção das 300 novas unidades habitacionais em Santiago depende somente da contratação pela Caixa Econômica Federal e pelo Ministério de Desenvolvimento Regional (antigo ministério das cidades).

 

Espera-se que as decisões saiam nos próximos meses para que Santiago consiga reduzir pela metade o déficit habitacional hoje em 608 moradias. O investimento é de quase R$ 30 milhões.

 

Em relação aos beneficiários, são vários os critérios a serem analisados; o primeiro deles é estar escrito no Cadastro Único.

 

Os interessados devem procurar a secretaria municipal de Desenvolvimento Social, ou o Cras mais próximo para manter o cadastro atualizado ou realizar a inscrição.

 

 O Cadastro Único, é uma iniciativa do Governo Federal para identificar e conhecer as famílias brasileiras de baixa renda.​ Devem estar inscritos pessoas que ganham até meio salário mínimo; ou que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal ​tota​l.

 

 Diversos programas e benefícios sociais do Governo Federal utilizam o Cadastro Único como base para seleção das famílias, entre eles o Bolsa Família e o Programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo.

 

 


Veja também:


21/07/2019 | 13h40min

» Agricultura: Trigo tem plantio finalizado na maior parte das regiões do Rio Grande do Sul

21/07/2019 | 13h25min

» Trânsito: Infrações de ultrapassagem e de velocidade estão entre as principais ocorrências registradas pela PRF

21/07/2019 | 13h09min

» Saúde: Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares


Comentários:


Voltar ao topo