No ar:

Ouvir!     

» Geral » Economia


08/01/2021 | 16h23min

Presidente do CES diz que recuperação da economia ainda está lenta

Cristina de Oliveira Cardoso reafirma que o empresariado mantem a esperança para o enfrentamento de muito trabalho e consciente de que o futuro ainda é incerto

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Queda no ritmo econômico e aumento do desemprego provocados pela pandemia de covid 19 foram as principais questões de preocupação do Centro Empresarial de Santiago  em 2020.

 

Para a atual presidente da entidade, Cristina de Oliveira Cardoso saúde e economia caminham juntos e o CES não mediu esforços para manter o comércio funcionando e a saúde da população.

 

Para 2021, Cristina reafirma que o empresariado mantem a esperança para o enfrentamento de muito trabalho e consciente de que o futuro ainda é incerto, especialmente para os próximos semestres. Para a dirigente a recuperação segue, mas em passos lentos.

 

O empresário precisará ter cautela e ficar atento para  inflação, mesmo diante da previsão do Banco Central de que a mesma se manterá dentro das metas nos próximos anos.

 

O Centro Empresarial neste ano de 2021 vai manter suas tradicionais campanhas de incentivo às compras no comércio local. A partir do dia 19 de janeiro inicia o Liquida Santiago, que encerra o ciclo de 2020. 

 

A diretoria da entidade já está projetando as próximas edições, com a primeira voltada para a Páscoa no começo de abril. As outras serão anunciadas de acordo com a evolução da pandemia, evitando que muitas ações não possam ser colocadas em prática. O slogan – Vivo e Compro Aqui – será mantido.


Veja também:


16/01/2021 | 09h06min

» Saúde: URI já entregou 470 quilos de álcool em gel e mais de 3 mil litros de álcool 70%

16/01/2021 | 06h48min

» Pandemia: Mapa preliminar fica com 20 regiões em vermelho e apenas uma em laranja na 37ª rodada

16/01/2021 | 05h03min

» Previdência: INSS: prazo para recorrer de auxílio-doença negado termina neste sábado


Comentários:


Voltar ao topo