No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Trânsito


17/01/2019 | 10h15min

Prefeito de Jaguari protocola pleito no DNIT para 3ª pista em trechos da BR-287

Em trechos críticos de maior incidência de acidente, bem como de congestionamento de veículos

Índice de acidentes preocupa. Foto: DivulgaçãoÍndice de acidentes preocupa. Foto: Divulgação

O prefeito de Jaguari Beto Turchiello (MDB) – atual conselheiro do Consórcio Intermunicipal da Região Centro -, protocolou na tarde de terça-feira (15), na superintendência do DNIT em Porto Alegre, o pedido para que seja levado adiante o projeto para construção de uma terceira pista na BR-287, em trechos críticos de maior incidência de acidente, bem como de congestionamento de veículos.

 

De acordo com o chefe do executivo municipal de Jaguari, dados da PRF dão conta de que se faz necessário a implantação da 3ª pista na BR-287, principalmente entre os quilômetros 331 a 369, entre Jaguari e Santiago, onde segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, ocorrem os maiores número de acidentes nesta rodovia, nos trechos do Trevo de Acesso à Jaguari em direção à subida da localidade do Chapadão, nas proximidades da entrada de Nova Esperança Sul indo em direção a Santiago, bem como nas proximidades da localidade de Cerro Branco.

 

O chefe do executivo municipal de Jaguari destaca que, uma terceira pista nestes locais reduziria em muito a incidência de acidentes, bem como desobstruiria o congestionamento de veículos na rodovia nestes trechos, dando maior agilidade e segurança na trafegabilidade de veículos, caminhões e carretas que passam diariamente nesta rodovia.


Veja também:


23/08/2019 | 09h13min

» Política: Câmara de Vereadores de Santiago comemora 135 de parlamento com homenagens

23/08/2019 | 09h08min

» Segurança: Corpo de Bombeiros de Santiago iniciou o projeto "Bombeiro Orienta"

23/08/2019 | 09h03min

» Política: Aprovada pelo Senado, MP da Liberdade Econômica vai desburocratizar atividades de baixo risco, defendem parlamentares


Comentários:


Voltar ao topo