No ar:
Uma Luz Em Seu Caminho - Paróquia Nossa Senhora da Conceição    06h45min às 07h00min

Ouvir!     

» Geral » Operação Planum


29/11/2018 | 16h06min

PF prende acusados de envolvimento em esquema de tráfico de drogas; fazenda em Capão do Cipó faz parte de investigação

Cerca de 200 policiais federais foram mobilizados para o cumprimento de 23 mandados de prisão em vários Estados

Federais durante a Operação Planum. Foto: Polícia Federal/DivulgaçãoFederais durante a Operação Planum. Foto: Polícia Federal/Divulgação

Nesta quinta-feira (29) a Polícia Federal e a Receita Federal a chamada Operação Planum, que investiga o tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e crimes contra o sistema financeiro nacional em cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Goiás.

 

Na Região Central, um dos locais investigados é uma fazenda que fica no interior de Capão do Cipó.

 

Cerca de 200 policiais federais foram mobilizados para o cumprimento de 23 mandados de prisão, sendo 20 preventivas e três temporárias, além de ordens judiciais de busca e apreensão em 40 endereços e sequestro e bloqueio de imóveis, fazendas, aeronaves, embarcações, veículos e contas bancárias, avaliados em mais de R$ 25 milhões. Segundo a PF, até o início da manhã, faltavam localizar apenas duas pessoas com mandados de prisão temporária.

 

Por meio de nota, a PF informou que a operação se refere a um inquérito policial aberto em junho de 2017 para apurar o envio de cocaína da Bolívia para o Rio Grande do Sul. Durante as investigações, o órgão descobriu a movimentação de aviões saindo de Mato Grosso do Sul para serem carregados com grande quantidade de cocaína (em média 500 quilos) na Bolívia. Do país vizinho, a droga era levada para o Rio Grande do Sul, com pousos feitos em fazendas compradas pelos criminosos. Deste estado, os carregamentos seguiam por rodovias e eram distribuídos em depósitos de outros estados, ficando armazenados até serem despachados para a Europa por meio de portos brasileiros.

 

Só em uma ação da Receita Federal, em 6 de maio de 2016, no terminal portuário de Navegantes em Santa Catarina, foram apreendidos 811 quilos da droga que estavam escondidos em blocos de granito, armazenados em contêineres a serem encaminhados para a Espanha. Em 23 de junho deste ano, a Polícia Federal encontrou outros 448 quilos em um bloco de concreto, que seguia em um caminhão, no município gaúcho de Unistalda. Até o momento, os agentes conseguiram comprovar que esses criminosos movimentaram 2,2 toneladas de cocaína entre as que já foram enviadas para o exterior ou que ainda sairiam do Brasil para a Europa.

 

A PF identificou a atuação de doleiros em São Paulo no pagamento das transações do tráfico de drogas no exterior após estudar os dados bancários e fiscais, analisar informações compartilhadas pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul, e prender um narcotraficante bem como alguns dos investigados na Operação Planum em uma residência no município de Tramandaí (RS), em 10 de agosto de 2017. Para as transações financeiras ilícitas, o bando utilizava-se de um banco clandestino tendo movimentado cerca de R$ 1,4 bilhão, nos últimos três anos. Nas investigações, já foram rastreadas 90 empresas de fachada e 70 empregados que eram utilizados como “laranjas” em atos de lavagem de dinheiro e operações de câmbio ilegais

 

Os crimes investigados na Operação Planum são organização criminosa, tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico de drogas, operação de instituição financeira sem a devida autorização, operação de câmbio não autorizada e lavagem de dinheiro.

 

Foram presas pessoas em Cachoeirinha, Capão do Cipó, Estância Velha, Gravataí, Itaqui, Novo Hamburgo, Palmares do Sul, Tramandaí, Uruguaiana, São Paulo, Limeira, Campo Grande, Fátima do Sul, Caaraopim Tijucas e Pirenópolis.

 

EBC


Veja também:


16/12/2018 | 19h39min

» Futebol: Padel Esporte e Lazer de Santiago promove a etapa Master do circuito Padel Raiz

16/12/2018 | 19h22min

» Saúde: Canetas de aplicação de insulina chegam ao SUS

16/12/2018 | 19h11min

» Economia: Santiago: horários do comércio durante esse mês de dezembro


Comentários:


Voltar ao topo