No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


08/06/2020 | 16h54min

Pesquisa com medicamento contra covid-19 deve ser publicada só em julho, diz empresa japonesa

Fujifilm tenta validar o uso do antiviral Avigan no combate ao novo coronavírus, como defende o primeiro-ministro japonês

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O medicamento Avigan, com potencial de ser usado no tratamento da covid-19 deve demorar pelo menos mais um mês para ter sua eficiência comprovada pela ciência.

 

De acordo com a agência de notícias Reuters, a empresa Fujifilm Holdings, responsável pela droga no Japão, informou que os testes clínicos devem ser concluídos só em julho. Isso porque os pesquisadores só conseguiram 70% do número de pacientes necessários para que o remédio fosse testado. Agora, eles procuram por mais pacientes, mas como a eficácia da droga precisa ser analisada em um período de 28 dias, os testes devem se estender até o mês que vem. 

 

O potencial da substância contra a covid-19 vem sendo defendido pelo primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, mesmo que sem estudos clínicos conclusivos que indiquem a eficácia do medicamento, de forma semelhante ao que acontece em outros países com remédios como a cloroquina. O Avigan é um antiviral que não é vendido em farmácias.

 

No Japão, ele é guardado como uma reserva do governo para possíveis surtos e epidemias de Influenza. Inicialmente, o prazo para a finalização do estudo era maio, mas o prazo foi estendido diversas vezes por conta de dificuldades encontradas pelos pesquisadores.


Veja também:


13/07/2020 | 09h47min

» Economia: Governo inicia pagamento por parcelas a servidores que recebem acima de R$ 1,5 mil

13/07/2020 | 09h45min

» Educação: MEC diz que resultado do Sisu sairá nesta terça-feira

13/07/2020 | 09h43min

» Economia: Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março


Comentários:


Voltar ao topo