No ar:
Geração 2000 - Jones Diniz    20h10min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


15/06/2020 | 13h40min

Para presidente do CES, a conta que o comércio está pagando é muito alta

Cristina de Oliveira Cardoso considera uma irresponsabilidade dos setores públicos colocar todo este ônus no comércio (o considerado não essencial)

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

A presidente do Centro Empresarial de Santiago, disse que a entidade foi informada ainda no domingo (14) pelo prefeito Tiago Gosrki, que teria que acatar decisão do Estado.

 

Para Cristina de Oliveira Cardoso, o comércio não pode pagar esta conta, pois ela é muito alta. Considera uma irresponsabilidade dos setores públicos colocar todo este ônus no comércio ( o considerado não essencial), já que todas as empresas estavam cumprindo os protocolos de distanciamento  e higienização, cobrando dos trabalhadores e clientes.

 

A dirigente ressalta que não é justo o comércio fazer a sua parte e ser o primeiro a fechar. Para Cristina as aglomerações ainda vão continuar existindo em outros seguimentos. Acrescenta que não existem filas para acessar o comércio do varejo.

 

Como entidade, o CES vai pleitear uma ação imediata, pedindo ao governador Eduardo Leite para que reconsidere a aplicação da bandeira vermelha na região.

 


Veja também:


26/09/2020 | 17h24min

» Brasileirão: TRT-RJ suspende Palmeiras e Flamengo devido a infectados pela covid-19

26/09/2020 | 17h15min

» Pandemia: Média de mortes por covid-19 no Brasil cai 10,35% em uma semana

26/09/2020 | 09h35min

» Saúde: América Latina pede na ONU acesso livre à vacina e créditos para sobreviver ao vírus


Comentários:


Voltar ao topo