No ar:
Atualidade esportes - Sergio Ramos    11h45min às 12h00min

Ouvir!     

» Geral » Internacional


08/04/2021 | 09h54min

Papa pede que FMI e Banco Mundial reduzam dívidas de países pobres

O pontífice pede solidariedade global

Foto: REUTERS / Remo Casilli/DivulgaçãoFoto: REUTERS / Remo Casilli/Divulgação

O papa Francisco disse aos líderes das finanças do mundo que os países pobres atingidos pelo impacto econômico da pandemia de covid-19 precisam ter reduzidos os fardos de suas dívidas e receber uma voz maior na tomada global de decisões.

 

Em carta aos participantes do encontro anual de primavera do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, o papa disse que a pandemia forçou o mundo a lidar com as crises inter-relacionadas nas áreas sócio-econômica, ecológica e política.

 

"A noção de recuperação não pode se contentar com o retorno a um modelo desigual e insustentável da vida social e econômica, onde uma minúscula minoria da população mundial detém metade da riqueza", disse o pontífice na carta, datada de 4 de abril.

 

Ele disse que um espírito de solidariedade global "exige, no mínimo, uma redução significativa do fardo da dívida das nações mais pobres, que foi exacerbada pela pandemia".


Veja também:


16/04/2021 | 10h17min

» Saúde: Banco de sangue segue solicitando voluntários para doar um pouco de vida a quem está em tratamento de saúde

16/04/2021 | 09h23min

» Pandemia: Com mais 2.275 doses, santiaguenses de 62 anos serão vacinados

15/04/2021 | 18h32min

» Trânsito: Acidente no centro de Santiago envolve três carros


Comentários:


Voltar ao topo