No ar:

Ouvir!     

» Geral » Saúde


19/03/2020 | 09h40min

Orientações básicas para transporte público coletivo, vans escolares, táxis e motoristas de aplicativos na prevenção da transmissão do coronavírus durante o atendimento ao público em Santiago

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

MEDIDAS NA ENTRADA DO TRANSPORTE COLETIVO: Cada passageiro deve ser orientado a passar álcool gel 70% em ambas as mãos ao entrar no transporte. Recomenda- se a instalação de um dispensador de álcool gel na porta de entrada. Em caso de passageiro com sintomas gripais, se for imprescindível o uso do transporte recomenda-se o uso de máscara para permanecer no local, caso contrário deve ser orientado a retornar ao domicílio.

 

AGLOMERAÇÕES: deve-se evitar ao máximo as super lotações. Os colaboradores devem orientar os passageiros que mantenham distância de outras pessoas de pelo menos 1 metro.

 

VENTILAÇÃO DE AMBIENTES: o ambiente deve permanecer bem ventilado, com janelas abertas, permitindo assim a circulação de ar. Se não for possível a ventilação, verificar sempre a limpeza dos filtros do ar condicionado.

 

HIGIENE PESSOAL: Orientação para que motoristas, cobradores e demais funcionários de transporte reforcem seus cuidados pessoais, lavando sempre as mãos a cada viagem realizada. Se não for possível a lavagem das mãos, passar álcool gel 70% repetidas vezes.

 

USO DE MÁSCARAS: por enquanto, o uso de máscaras é recomendado apenas a pessoas com sintomas de infecção respiratória. Em caso de evidências de que o passageiro, além dos sintomas, esteve em locais onde já existe o vírus circulando, os atendentes também devem utilizar máscaras.

 

LIMPEZA DAS SUPERFÍCIES: deve ser realizado periodicamente (a cada hora), com álcool líquido 70% ou hipoclorito de sódio 2%. Na falta dessas substâncias, utilizar água e sabão. Reforçar a limpeza e higienização dos ônibus/vans/carros, em especial nos pontos de contato com as mãos dos usuários, como balaústres e pega-mão.

 

USO DE LUVAS: por enquanto, não se recomenda o uso de luvas em transporte público, pois o ideal é lavar as mãos com frequência, uma vez a cada hora, e a limpeza das superfícies. Se não for possível lavar as mãos, usar álcool gel 70%. Não se pode levar a mão até a boca e nariz, em hipótese alguma (usar um lenço).

 

 

Secretaria Municipal da Saúde de Santiago Assistência Farmacêutica

--


Veja também:


01/04/2020 | 16h58min

» Imagem: A cena mais esperada dos últimos dias: a chegada da chuva

01/04/2020 | 16h21min

» Política: Senado aprova PL que dispensa atestado médico para trabalhadores com suspeita de coronavírus

01/04/2020 | 15h46min

» Solidariedade: Quer ajudar: conheça algumas campanhas em andamento


Comentários:


Voltar ao topo