No ar:

Ouvir!     

» Geral » Educação


28/06/2019 | 21h59min

Novas gestoras assumem a escola Criança Feliz de olho no legado e nos novos desafios

Atualmente, atende 375 alunos que estão matriculados e que são envolvidas nas diversas oficinas oferecidas

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Neste ano a Escola de Turno Oposto Criança Feliz completou 21 anos transformando vidas. Pouco depois de ser criada como projeto em 1998 ocupou o Ginasião e virou uma referência com as oficinas de reforço escolar, culturais e esportivas. Atualmente, atende 375 alunos que estão matriculados e que são envolvidas nas diversas oficinas oferecidas.

 

"O Criança Feliz é uma escola de oportunidades, que oferece às crianças a condição de sonhar e desenvolver seu potencial para realizar. A história da educação em nosso município evoluiu muito por meio deste grande projeto e escola e Santiago tem muito a se orgulhar por isso.", define Cláudia Bravo, que foi gestora da escola por 17 anos. 

 

Nos últimos anos, ela teve a seu lado a colega Maria Joceli Figueiredo como vice. Ambas confiam na missão das novas gestoras que assumiram a escola, Andressa Gampert e Michelle Roggia, educadoras que já possuem sua história vinculada ao Criança Feliz e estão prontas para manter o legado de conquistas e contribuir com novos desafios.

 

"Pretendemos potencializar cada vez mais esse espaço múltiplo de aprendizagens, impulsionando as oficinas pedagógicas e específicas, tendo um olhar voltado para o desenvolvimento global das nossas crianças", confirma Andressa.


Veja também:


18/07/2019 | 16h46min

» Agenda: Bandeira do Brasil será tema da Semana da Pátria em Santiago. Ordem do desfile está pré-definida

18/07/2019 | 11h05min

» Solidariedade: Campanha do Agasalho de Santiago perto de 70 mil peças arrecadadas

18/07/2019 | 10h20min

» Saúde: Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas


Comentários:


Voltar ao topo