No ar:

Ouvir!     

» Geral » Coronavírus


16/03/2020 | 20h47min

Não há necessidade de corrida aos supermercados, segundo Agas

A Associação Gaúcha de Supermercados - AGAS informa que as 4.700 lojas do setor no Estado seguem funcionando normalmente

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Não tem como negar que muita gente correu para os supermercados, devido aos riscos impostos pelo coronavírus, especialmente nos grandes centros. Os itens mais procurados são papel higiênico, papel toalha, sabonete e água mineral. O presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, garante: "Não tem risco de faltar produto".

 

Conforme Longo, nenhum produto necessita ser comprado com urgência pelo consumidor. Em particular, os alimentos. "Os produtos alimentícios tem validade e promoções. Mas a realidade é que não tem motivo para pânico. É um país que falta renda e tem excesso de produção", explica. No entanto, produtos de limpeza, vão demandar reposição mais rápida. "Temos perto um bom polo da indústria de higiene e limpeza e também alimentícia no Rio Grande do Sul", frisa Longo.

 

Pontualmente, poderão faltar em alguns supermercados itens cuja curva de demanda sofreu grande impacto, como o álcool gel. Produtos como papel higiênico, bebidas e alimentos, entretanto, estarão com seus estoques abastecidos sem quaisquer prejuízos aos consumidores.


Veja também:


01/04/2020 | 16h58min

» Imagem: A cena mais esperada dos últimos dias: a chegada da chuva

01/04/2020 | 16h21min

» Política: Senado aprova PL que dispensa atestado médico para trabalhadores com suspeita de coronavírus

01/04/2020 | 15h46min

» Solidariedade: Quer ajudar: conheça algumas campanhas em andamento


Comentários:


Voltar ao topo