No ar:
Sábado Sertanejo - Jones Diniz    16h00min às 18h00min

Ouvir!     

» Geral » Polícia


26/05/2020 | 11h56min

Menino de Planalto morreu por asfixia, afirma delegado

Joeberth Nunes revelou causa da morte após entrevista coletiva sobre o caso

O delegado Joeberth Nunes, responsável pela investigação da morte do menino Rafael Mateus Winques, de 11 anos, em Planalto, confirmou na manhã desta terça-feira que a criança morreu por esganadura ou asfixia mecânica. A revelação foi feita em entrevista à Rádio Guaíba. 

 

"Recebemos o relatório da perícia que indica esganadura, ou seja, o menino foi enforcado por asfixia mecânica. É um elemento novo para investigação", disse Nunes, antes de comentar que será preciso apurar quem está por trás do enforcamento da criança. Dessa forma, segundo o delegado, está descartado que a causa da morte tenha sido a administração do remédio Diazepam. 

 

Apesar de ter recebido o retorno da perícia em relação à causa da morte, o delegado ainda não obteve a resposta do departamento em relação à data do assassinato. "É uma questão que formulamos à perícia, mas ainda não recebemos o parecer. O que sabemos é que o Rafael foi morto por asfixia mecânica", acrescentou.

 

Nunes relatou ainda que nessa segunda-feira, data da localização do corpo de Rafael, os policiais perceberam a presença de fios ao redor do pescoço do menino. "Talvez possamos conseguir digitais através disso. A perícia está fazendo um trabalho bem detalhado para que possamos avançar na investigação", colocou. 


Veja também:


11/07/2020 | 13h37min

» Coronavírus: Santiago registra neste sábado, três casos novos de covid-19, chegando a 158

11/07/2020 | 12h42min

» Coronavírus: Santiago registra primeira morte por covid - 19

11/07/2020 | 08h53min

» Polícia: Foragido é preso pela Brigada Militar na praça Moisés Viana


Comentários:


Voltar ao topo