No ar:
Santiago Atualidade - Paulo Pinheiro    10h00min às 11h25min

Ouvir!     

» Geral » Educação


06/03/2020 | 08h19min

Medicina Veterinária lançará projeto do Centro Clínico Veterinário Antônio Vivaldino Bonotto

O espaço: prédio com área de 1.371,50 m², onde serão disponibilizados os serviços de atendimento dos pequenos e grandes animais, com infraestrutura específica para pesquisas, consultas, diagnósticos e cirurgias.

Professora Monique, professor Olívio e professora Michele com o seu Vivaldino. Foto: DivulgaçãoProfessora Monique, professor Olívio e professora Michele com o seu Vivaldino. Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (9), a URI Santiago, através do curso de Medicina Veterinária, lançará, durante aula inaugural do curso, o projeto do Centro Clínico Veterinário Antônio Vivaldino Bonotto.

 

O nome do centro é uma homenagem ao “seu Vivaldino”, figura exemplar e muito querida pela comunidade. Ele fez a doação da área onde hoje é o Câmpus da URI e sempre auxilia e apoia diversas iniciativas visando ao desenvolvimento de Santiago.

 

Esta semana, a diretora geral da URI, professora Michele Noal Beltrão, o coordenador do curso de Medicina Veterinária, professor Olívio Bochi Brum, e a professora Monique Togni Martins, estiveram fazendo o convite. “Ele aceitou e ficou muito grato em receber a nossa homenagem”, disse o coordenador do curso.

 

Conforme o projeto, o Centro Clínico Veterinário (CCV) servirá como referência para sanidade animal da região do Vale do Jaguari, dando suporte à produção animal em todas as categorias, incluindo animais de grande e pequeno porte, em sistema de produção intensivo, extensivo ou mesmo criação doméstica, de companhia e silvestre, vindo complementar os estudos práticos dos acadêmicos do curso de Medicina Veterinária.  

 

A coordenação do curso e a direção da URI, junto dos professores e funcionários, poderão buscar convênios com entidades governamentais ou não, para que as instalações estejam dentro das normas exigidas pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) e pelo Ministério da Educação. 

 

O espaço: prédio com área de 1.371,50 m², onde serão disponibilizados os serviços de atendimento dos pequenos e grandes animais, com infraestrutura específica para pesquisas, consultas, diagnósticos e cirurgias.

 

Contará com espaços diferenciados para cada tipo de atendimento, tais como: recepção e sala de espera, sanitários, farmácia, blocos cirúrgicos e recuperação para pequenos e grandes animais, sala de indução, sala de recuperação anestésica, sala de internação, salas de lavanderia, esterilização e expurgo, consultórios, sala de paramentação, sala de raio x, sala de ultrassom, laboratório de patologia, laboratório de análises clínicas, laboratório de microbiologia e reprodução, sala de reuniões, isolamento, baias, mangueiras, sala de necropsia, entre outras. O projeto, do Escritório Modelo de Arquitetura, tem como responsável técnica a arquiteta Nelcy Fátima Denti Brum, junto da acadêmica Priscilla Bica, hoje egressa.


Veja também:


07/04/2020 | 09h59min

» Saúde: INSS antecipa pagamento de um salário mínimo de auxílio-doença

07/04/2020 | 09h56min

» Internacional: Pela 1ª vez desde janeiro, China não registra mortes por covid-19

07/04/2020 | 09h50min

» Saúde: Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio


Comentários:


Voltar ao topo