No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Serviço


11/03/2020 | 08h02min

Último dia de recadastramento biométrico gera movimento intenso em Santiago

Movimento desde as primeiras horas do dia. Fotos: Ieda BeltrãoMovimento desde as primeiras horas do dia. Fotos: Ieda Beltrão

Atualizado às 12h30min

 

Desde as primeiras horas da manhã o movimento em torno do Cartório Eleitoral é grande para o último dia do recadastramento biométrico. O deixar para a última hora, apesar de toda a apelação do Cartório Eleitoral para que isso fosse evitado, provocou filas e, com isso mais tempo de espera, como já se previa. Na reta final o movimento foi intenso do eleitor que não havia feito a biometria, inclusive prolongado o horário de atendimento do cartório para além das 19 horas.

 

O chefe substituto, Rodrigo Fett,  informou que eleitor deve levar um documento com foto e comprovante de residência. Lembra que Santiago já havia computado mais de  87% de comparecimento, estando a frente dos 22 municípios que estão neste processo.

 

O Projeto de Identificação Biométrica da Justiça Eleitoral tem por objetivo implantar em âmbito nacional a identificação e verificação biométrica da impressão digital para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral e que, ao se apresentar para o exercício do voto, seja o mesmo que se habilitou no alistamento eleitoral.

 

Ontem a juíza eleitoral, Ana Paula Nichel Santos divulgou Ordem de Serviço organizando o atendimento. Das 12 horas de ontem e de hoje, até as 19 horas, horário de experiente do cartório serão entregues 400 senhas para os eleitores que estiverem aguardando o atendimento. Tal determinação, leva em consideração a possibilidade limitada de atendimentos, o horário do Cartório Eleitoral e o número de atendimento realizado no último dia 09 de março.

 

O projeto piloto da biometria foi realizado em 2008, envolveu pouco mais de 40 mil eleitores nos municípios de Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). Tanto o cadastramento biométrico quanto o reconhecimento das digitais durante as eleições foram um sucesso./ Nas eleições de 2018, estavam aptos a votar 87.363.098 eleitores por meio da identificação biométrica, (59,31% do eleitorado total de 147.306.275) em 2.793 municípios (48,65% do total, de 5.570).

 

 

 

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, andando, sapatos, criança e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, sapatos, árvore, carro e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, chapéu e atividades ao ar livre


Veja também:


30/03/2020 | 13h43min

» Saúde: Saiba o que os serviços de saúde estão fazendo para o enfrentamento ao coronavírus e outras enfermidades

30/03/2020 | 13h34min

» Clima: Estiagem: caminhões pipa abastecem mais de 50 famílias no interior de Santiago

30/03/2020 | 13h16min

» Coronavírus: Ouça a entrevista do prefeito Tiago Gorski em que pede cautela em relação ao comércio


Comentários:


Voltar ao topo