No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Meio Ambiente


02/06/2020 | 17h01min

Lixo orgânico: saiba como vai funcionar o "Pila Verde"

O "Pila Verde" servirá, para a compra de produtos hortigranjeiros

Fotomontagem: Márcio Brasil/Prefeitura de SantiagoFotomontagem: Márcio Brasil/Prefeitura de Santiago

Na próxima sexta (5), a Secretaria de Meio Ambiente fará o lançamento do projeto "Pila Verde", as 9h no Bairro Vila Rica e as 11 no Bairro Lulu Genro. Cada cinco quilos de lixo orgânico vão poder ser trocados por uma cédula de '1 pila', que terá valor equivalente ao de R$ 1 real e poderá ser usado nas Feiras do Produtor com feirantes cadastrados ao projeto.

 

O 'Pila Verde' servirá, portanto, para a compra de produtos hortigranjeiros. Quanto mais 'pilas' a pessoa trocar, mais poder de compra ela terá para adquirir alimentos. Inicialmente o projeto vai funcionar com recolhimento em dois bairros: Vila Rica, às terças e Lulu Genro, às quartas, das 9h às 11h, com a troca do "Pila Verde". Posteriormente podem ocorrer mais adesões.

 

O que é lixo orgânico ideal para compostagem?

 

Restos de frutas e vegetais, erva-mate, folhas secas e serragem, cascas e ramos de plantas.

Não serve para compostagem:

Carnes, ossos, arroz, nozes, alho e cebola, fezes de cães e gatos, papel, gordura, serragem de madeira tratada, laticínios, plantas doentes, cigarro e etc.

 


Veja também:


10/07/2020 | 16h18min

» Trânsito: Veículo sai da pista e bate em árvore na BR 287, em Jaguari

10/07/2020 | 15h39min

» Pandemia: Santiago chega a 155 casos de covid-19, desses 124 pacientes estão curados

10/07/2020 | 11h59min

» Trânsito: Guarda Municipal de Santiago ganha um novo veículo


Comentários:


Voltar ao topo