No ar:

Ouvir!     

» Geral » Economia


23/11/2018 | 09h47min

Livro continua a ser o item mais desejado na Black Friday

Levantamento da Airfluencers aponta obras e roupas como produtos mais citados no Twitter em intenção de compra

A expectativa pela Black Friday no Brasil tem provocado grande movimento nas redes sociais. A Airfluencers, empresa de marketing de influência, fez a análise de 77.633 mil publicações no Twitter, no período entre 29 de setembro e 21 de novembro, as quais falam sobre a Black Friday, celebrada nesta sexta-feira (23).

 

Dentro desse universo, a hashtag #blackfriday foi mencionada 5.829 mil vezes, enquanto 12.116 tweets foram realizados mencionando “descontos e ofertas”. A palavra “fraude” aparece em 1.753 publicações. E, das mais de 77 mil publicações, 30% possuem teor negativo. Em 2017 eram 41%.  

 

Como o brasileiro não perde a piada, o meme do momento é falar que na Black Friday você compra pela “metade do dobro do preço”, tanto que a palavra “comprar” é citada 14.273 mil vezes, enquanto “metade” é mencionada 3.401 mil vezes. Já “dobro” é escrita em 3.045 mil tweets e “preço” aparece em 2.254 postagens. No ano de 2017 o registro desse tipo de comentários ainda não era significativo.

 

Nas publicações em que há associação de Black Friday a produtos, a divisão se dá da seguinte maneira: Livros (23%), Roupas (17,5%), Mobile (17,5%), Games (15,9%), Viagens (8,2%), Eletrônicos em geral (7,2%), Calçados (3,2%), Maquiagens e Perfumes (2,9%).   

 

Quando se falam em marcas, as mais citadas são Apple (60%), Samsung (24%) e Sony (7%). A palavra “sites” está em 1.368 tweets e os e-commerces mais lembrados são Amazon (22,5%), Casas Bahia (15%), Americanas (14%), Saraiva (7%), Alibaba (5%) e Walmart (5%). Um dado interessante é que a Casas Bahia não figurava o ranking de 2017, que contemplava os 10 mais citados, e em 2018 aparece já em segundo lugar.

 

O levantamento da Airfluencers registra ainda que as postagens foram feitas 50% por mulheres e 50% por homens, além de terem sido na maioria disparadas via smartphones (83%). Os estados que mais registram as postagens são São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. 


Veja também:


10/12/2018 | 17h10min

» Aviso: Abastecimento de água será interrompido em Unistalda

10/12/2018 | 16h53min

» Cidadania: Micro redes reforça organização do atendimento em Santiago

10/12/2018 | 16h46min

» Segurança: Atos de vandalismo são registrados em Santiago


Comentários:


Voltar ao topo