No ar:

Ouvir!     

» Geral » Futebol


20/05/2019 | 11h52min

Inter vai confiante para a Copa do Brasil

Vitória diante do CSA eleva a moral do time colorado às vésperas do jogo contra o Paysandu

Inter venceu o CSA. Foto: Ricardo Duarte/Divulgação/InterInter venceu o CSA. Foto: Ricardo Duarte/Divulgação/Inter

O inter venceu o CSA pelo Brasileiro reaproximando o time dos primeiros colocados na competição.  Isso ajuda a ter mais tranquilidade para a equipe colorada dedicar-se à quarta competição da temporada, a Copa do Brasil.

 

Nesta quinta-feira, o time Colorado estreia no torneio enfrentando o Paysandu no Beira-Rio com um time, no mínimo, desfalcado de várias peças importantes. O técnico Odair Hellmann confirmou que o time buscará o título. “Vão ser dois jogos difíceis contra o Paysandu. Há cobrança, como também houve no ano passado. Mas temos condições de enfrentar qualquer adversário em qualquer lugar em condições de igualdade”, enfatizou.

 

Ele não contará com o volante Patrick, lesionado. As situações de Nico López, que deixou o campo queixando-se de dores, e de Rodrigo Moledo, com uma lesão muscular, serão analisadas durante a semana. "Precisamos ver essas questões pontuais. Tem pouco tempo de recuperação. Quem tiver 100% dentro do nosso planejamento vai pro jogo. E temos de esperar 24 ou 48 horas para ter uma situação mais clara de com quem vamos poder contar", frisou.

 

Fora de campo, o clube confirmou que o volante Rodrigo Dourado foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo. O procedimento foi realizado na manhã de domingo. A previsão de recuperação é de duas semanas, período que coincide com o início da parada para a disputa da Copa América. Desta forma, o volante só volta a jogar pelo Inter em julho.


Veja também:


21/09/2019 | 14h58min

» Oportunidade: Projeto Taifa inicia curso de corte e costura com palestra do empresário Osvaldo Nicola

21/09/2019 | 14h56min

» Saúde: Secretaria de Saúde implantará melhorias nos serviços de saúde mental

21/09/2019 | 14h54min

» Política: Deputados querem mudar Lei da Informática para atender demandas da Organização Mundial do Comércio


Comentários:


Voltar ao topo