No ar:
Jornal falado - Jones Diniz e Paulo Pinheiro    12h15min às 12h50min

Ouvir!     

» Geral » Economia


26/03/2019 | 09h20min

INSS altera regras para prova de vida e renovação de senhas

Economia INSS altera regras para prova de vida e renovação de senhas Procedimentos poderão ser feitos por meio eletrônico

Resolução do Ministério da Economia publicada nesta terça (26) no Diário Oficial da União altera as regras para prova de vida e renovação de senha de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

 

A partir desta terça-feira, os procedimentos podem ser executados por meio de atendimento eletrônico (com uso de biometria ou identificação por funcionário da instituição financeira pagadora) ou por meio de representante legal ou procurador cadastrado no INSS ou na instituição financeira.

 

Beneficiários com idade igual ou superior a 70 anos poderão solicitar a realização de prova de vida no INSS, sem prejuízo da possibilidade de comparecer à instituição financeira pagadora.

 

Para beneficiários com dificuldade de locomoção e idosos acima de 80 anos, poderá ser realizada pesquisa externa, com comparecimento a residência ou local informado no requerimento, para permitir a identificação do titular do benefício e a realização da comprovação de vida.

 

No caso de beneficiários com dificuldades de locomoção, o requerimento para realização de prova de vida por meio de pesquisa externa deverá ser efetuado pelo interessado, perante uma agência da previdência social, com comprovação via atestado médico ou declaração emitida por uma unidade de saúde.

 

Os serviços deverão ser previamente agendados por meio da Central 135 ou do Meu INSS.


Veja também:


24/04/2019 | 12h18min

» Economia: Quatro em cada dez brasileiros recorreram ao cartão de crédito em fevereiro para fazer compras

24/04/2019 | 12h10min

» Justiça: Robô com inteligência artificial vai auxiliar no combate à violência contra a mulher

24/04/2019 | 12h03min

» Oportunidade: Tem 20 vagas de encarregado de equipe no Sine Santiago


Comentários:


Voltar ao topo