No ar:
Terra Nativa - Luiz Fernando Rocha    07h00min às 08h00min

Ouvir!     

» Geral » Eleições


11/03/2019 | 15h30min

Inicia revisão do eleitorado, com coleta de dados biométricos em Santiago

Dos 40.251 eleitores de Santiago, 22.924 já fizeram a Biometria de 2013 até fevereiro de 2019

O cadastramento biométrico é obrigatório para as próximas eleições. Foto: Ieda BeltrãoO cadastramento biométrico é obrigatório para as próximas eleições. Foto: Ieda Beltrão

Nesta segunda-feira (11), iniciou a revisão do eleitorado, com coleta de dados biométricos, pela Justiça Eleitoral.

 

Conforme a juíza Ana Paula da Silva Tolfo, quem ainda não fez, deve comparecer no cartório eleitoral para fazer a revisão de sua inscrição, a coleta dos dados e a confirmação de endereço.

 

Quem deixar de comparecer perderá a sua inscrição do título. O eleitor deve levar documento oficial com foto (identidade, carteira de motorista), CPF, título eleitoral (se possuir), comprovante de residência (água, luz, telefone...). 

 

Desde 2013 o Cartório Eleitoral de Santiago vem fazendo atendimentos ordinários dos eleitores e coletando seus dados biométricos, assim atualizando seus cadastros. De acordo com Gidião Damiam, chefe de Cartório da 44ª ZE, todas as pessoas que já tiveram seus dados biométricos coletados, desde aquela data, não precisam mais comparecer em cartórios para a revisão. 

 

Dos 40.251 eleitores de Santiago, 22.924 já fizeram a Biometria de 2013 até fevereiro de 2019. Faltam ainda 17.327 eleitores sem Biometria, são estas pessoas que agora estão sendo convocadas a participar do processo. 

 

O cadastramento biométrico é obrigatório para as próximas eleições.

 

O cartório atende na rua João Escobar Carpes, 119. Fone: 3251-2307.


Veja também:


23/05/2019 | 17h27min

» Cidadania: Cras do bairro Missões festeja 10 anos em Santiago

23/05/2019 | 17h26min

» Política: Sério Moro lamenta transferência do Coaf para Ministério da Economia

23/05/2019 | 17h16min

» Serviço: Dos 39.718 eleitores de Santiago, faltam ainda 15.445, sem Biometria


Comentários:


Voltar ao topo