No ar:
Campo e Lavoura - Rede Gaúcha Sat    05h00min às 06h00min

Ouvir!     

» Geral » Economia


21/07/2020 | 09h57min

Informalidade no mercado de trabalho atinge 1,8 milhão de gaúchos no primeiro trimestre

Quando levado em conta o primeiro trimestre de 2019, a queda geral ainda se mantém, mas em menor intensidade (-64 mil pessoas)

A taxa de informalidade no mercado de trabalho chegou a 33% da população ocupada do Rio Grande do Sul no primeiro trimestre de 2020, atingindo 1,843 milhão de pessoas.

 

Na comparação com o quarto trimestre de 2019, a queda foi de 5,3%, ou seja, 104 mil pessoas que estavam na informalidade ficaram desempregadas ou desistiram de procurar trabalho no período. Quando levado em conta o primeiro trimestre de 2019, a queda geral ainda se mantém, mas em menor intensidade (-64 mil pessoas).

 

Esses são alguns dos apontamentos do Boletim de Trabalho, divulgado nesta terça-feira (21/7) pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE), vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).

 

O documento, dividido em duas seções, tem ênfase nos dados da informalidade e na evolução dos empregos formais por região do Estado e foi elaborado com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua/IBGE) e da Relação Anual de Informações Sociais (Rais). 


Veja também:


22/01/2021 | 17h05min

» Educação: Smeec vai implantar projeto para estimular a prática do xadrez nas escolas em 2021

22/01/2021 | 16h37min

» Economia: Sine já ofereceu quase 50 vagas de emprego neste mês

22/01/2021 | 12h53min

» Pandemia: Operação vai coibir aglomerações em pontos públicos, bares e conveniências


Comentários:


Voltar ao topo