No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


27/01/2020 | 16h47min

Grupo Hospital Santiago quer para 2020 um Instituto do Coração

Outro projeto, cujos estudos já iniciaram é para o serviço de Neurocirurgia

O Centro de Oncologia já é realidade. Foto: Ieda BeltrãoO Centro de Oncologia já é realidade. Foto: Ieda Beltrão

O grupo Hospital Santiago tem dois grandes desafios para 2020. Conforme o administrador Ruderson Mesquita a prioridade é a implantação do serviço de cardiologia que consiste na realização de todos os tipos de exames, como cateterismo, colocação de stent, entre outros procedimentos.

 

A ideia é criar um Instituto do Coração. Na sexta-feira passada Ruderson já esteve reunido em Santa Maria com um hemodinamicista para montagem do serviço. Mencionou também a destinação de recursos pelo deputado federal Marcelo Brum, na ordem de R$ 2 milhões e 500 mil para aplicação na compra de equipamentos de hemodinâmica. O GHS aguarda a liberação, pelo Ministério da Saúde. O projeto tem custo total de R$ 5 milhões. Ruderson espera que o recurso seja liberado logo para iniciar a operacionalização do novo serviço.

 

O segundo grande projeto, cujos estudos já iniciaram é para o serviço de Neurocirurgia. Ruderson já esteve reunido com a equipe e agora está em busca de recursos, já que se trata de um serviço caro, tanto para aquisição de equipamentos, como manutenção dos profissionais. Entretanto considera necessário para a região. A neurocirurgia é restrita. Assim como a cardiologia ela tem tempo de atendimento ao paciente, que necessita de cirurgia o mais rápido possível. Atualmente uma pessoa nesta situação precisa aguardar transferência, para cidades de referência.

 

O investimento na neurologia, somente em equipamentos é de R$ 2 milhões e 500 mil, fora o custeio mensal da equipe que é exclusiva. Ruderson acredita que com estes dois projetos, os problemas da região ficam resolvidos. “Santiago já é um polo de saúde, mas é preciso se organizar ao máximo para QUE este polo cresça ainda mais para que os problemas de saúde sejam resolvidos em casa”, acrescenta Ruderson.


Veja também:


17/02/2020 | 17h11min

» Publicidade: Folia de preços no Damian CenterLar! Vem!

17/02/2020 | 13h40min

» Educação: Escola da URI Santiago começa o ano letivo

17/02/2020 | 11h03min

» Educação: Unopar promove mateada nesta terça no Polo Santiago


Comentários:


Voltar ao topo