No ar:
Clube do Ouvinte - Jorge Augusto Gonçalves    20h10min às 22h00min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


23/08/2020 | 09h40min

Governo recebe 10 pedidos de reconsideração de bandeiras

É o menor número de recursos enviados desde que a instância recursiva foi implementada

 Fotos: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini Fotos: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O governo do Rio Grande do Sul recebeu, até a manhã deste domingo, 10 pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais sobre as restrições e bandeiras da 16ª rodada do mapa preliminar do modelo de Distanciamento Controlado. É o menor número de recursos enviados desde que a instância recursiva foi implementada, na sétima rodada.

 

Divulgado nessa sexta-feira, o levantamento prévio aponta 13 regiões com bandeira vermelha e oito com laranja. Não houve pedido de bandeira laranja para amarela – todas as solicitações são de regiões preliminarmente em vermelho que pedem a permanência em bandeira laranja.  

 

As 13 regiões que estão preliminarmente em bandeira vermelha, consideradas com risco alto para contágio por coronavírus, são: Santa Cruz do Sul, Lajeado, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Santo  ngelo, Santa Rosa, Capão da Canoa, Guaíba, Porto Alegre e Pelotas.

 

As regiões de Erechim, Caxias do Sul, Santa Maria, Bagé e Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Ijuí e Uruguaiana foram classificadas com a bandeira laranja. 

  

Dos 497 municípios gaúchos, 321 estão classificados em bandeira vermelha, somando 8.122.796 habitantes, ou seja, 71,7% da população gaúcha (total de 11.329.605 habitantes).


Veja também:


24/09/2020 | 17h11min

» Saúde: Doações de órgãos caíram 40% com pandemia

24/09/2020 | 17h08min

» Pandemia: Justiça derruba liminar e obriga peritos do INSS a voltar ao trabalho

24/09/2020 | 17h05min

» Economia: Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro


Comentários:


Voltar ao topo