No ar:
Buenas Tarde meu Santiago (1º parte) - Marco Antônio Nunes    17h00min às 18h00min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


30/03/2021 | 09h20min

Governo inclui pessoas com HIV em grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19

Ministério da Saúde aponta que a indicação é vacinar o grupo após encerrar a imunização de pessoas de 60 a 64 anos

O Ministério da Saúde inseriu na segunda-feira pessoas vivendo com HIV, na faixa de 18 a 59 anos, na lista de priorização da vacinação contra a Covid-19. Segundo nota técnica, a indicação é imunizar o grupo após encerrar a vacinação de brasileiros entre 60 e 64 anos. A pasta afirma que a intenção é "reduzir o impacto da pandemia nesse grupo, especialmente em relação ao risco de hospitalização e óbito, e respeitar o conceito de equidade do SUS (Sistema Único de Saúde)".

 

O ministério também diz que a medida segue "novas evidências científicas" que apontam riscos de "desfechos negativos da Covid-19" neste grupo. As pessoas que vivem com HIV devem receber as doses na mesma etapa em que serão contemplados quem apresenta comorbidades, como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares. Trata-se do maior grupo de risco do plano de imunização, com cerca de 18 milhões de pessoas.

 

Na nota técnica, a Saúde não estima quantas pessoas devem entrar neste grupo após a atualização do plano de vacinação. No total, as listas de prioridade, ainda sem esta mudança, somam cerca de 77,3 milhões de indivíduos. O ministério também afirma que pessoas com HIV, maiores de 60 anos, já estão contempladas na priorização por faixa etária no plano. Prefeitos e governadores podem traçar planos próprios, mas há um acordo entre o ministério e conselhos que representam secretários estaduais (Conass) e municipais (Conasems) para que seja seguido o plano nacional de vacinação.

 

AE


Veja também:


13/04/2021 | 16h54min

» Pecuária: Veterinário alerta para o controle de morcegos hematófagos

13/04/2021 | 16h50min

» Política: Lei que obriga escolas a ter Bíblia é inconstitucional, decide STF

13/04/2021 | 16h44min

» Economia: Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho


Comentários:


Voltar ao topo