No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Alerta


25/05/2020 | 15h51min

Falta de manutenção em chaminés pode provocar incêndios

O sargento Prestes do Corpo de Bombeiros de Santiago chama atenção da população

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

O frio requer cuidado com lareiras e fogões à lenha. O sargento Prestes do Corpo de Bombeiros de Santiago chama atenção da população usuária destes meios para se aquecer no inverno, para que faça a manutenção das chaminés. O acúmulo de fuligem pode provocar um incêndio. 

 

As chaminés especialmente as metálicas acabam aquecendo e, por consequência o telhado podendo ocorrer um principio de incêndio. As guarnições têm atendido este tipo de ocorrência ou de chaminés que estão incendidas. Isto tudo ocorre pela falta de manutenção. É simples e rápida e de grande importância para evitar problemas.

 

O sargento Prestes aproveitou para alertar sobre os cuidados com a lareira. Na frente deve ser evitada a colocação de tapetes, carpetes, poltrona,  ou material de fácil combustão, assim como a presença próxima de crianças.

 

Determinado tipo de lenha, quando queimando, costuma soltar faíscas. Lembra também que não se deve usar álcool para atear fogo, isso pode provocar queimaduras sérias, além de incêndios. Isto vale também para os fogões.

 

O Corpo de Bombeiros orienta também que a pessoa ao dormir ou sair deve apagar o fogo, tanto da lareira quanto do fogão. Prestes lembra que não existe método de contenção. Por isso é bom evitar. Um simples descuido pode provocar sérios transtornos, como perda de patrimônio e de vidas. “ Na relação pessoa, fogo e casa, não pode haver descuido”, conclui o sargento bombeiro.


Veja também:


10/07/2020 | 16h18min

» Trânsito: Veículo sai da pista e bate em árvore na BR 287, em Jaguari

10/07/2020 | 15h39min

» Pandemia: Santiago chega a 155 casos de covid-19, desses 124 pacientes estão curados

10/07/2020 | 11h59min

» Trânsito: Guarda Municipal de Santiago ganha um novo veículo


Comentários:


Voltar ao topo